Ainda há nervo suficiente na banda para fazer nascer canções que ombreiam justamente com os seus maiores feitos passados. A isso chama-se, afinal, presente.

Depois do sucesso esmagador do seu último disco, o rapper americano podia ter soçobrado no novo álbum. Mas não. Reivindicando a tradição cultural afro-americana, em To Pimp A Butterfly disseca-se a si próprio e ao mundo em redor.

O Livro de Jón, do que islandês Ófeigur Sigurdsson, é uma cartografia afectiva, em registo epistolar, que atravessa o desespero silencioso da condição humana

O virtuoso Sérgio Carolino traz nova luz ao papel da tuba como instrumento solista, apresentando-a em