Ao longo do século XX, bloco de granito a bloco de granito, foi aqui que se construiu uma cidade (e a mística que a destina ao trabalho). Agora, cem anos depois, a Cooperativa dos Pedreiros parece poder ter uma segunda vida: uma exposição mostra o que os artistas chamados a intervir pelo programa Technical Unconscious fizeram nas traseiras da única torre de onde se vê o Porto todo.

O centenário do pintor António Dacosta é assinalado por uma retrospectiva da sua obra no CAM. Muito para além do Surrealismo, com o qual o seu nome é associado, esta é uma obra que soube motivar as gerações mais novas. Luísa Soares de Oliveira