O Prémio Jovens Músicos fez 30 anos com uma orquestra de talentos criada só para a ocasião. Fez-se a arqueologia de um prémio que é "uma radiografia do ensino da música em Portugal".

  • O Prémio Jovens Músicos fez 30 anos com uma orquestra de talentos criada só para a ocasião. Fez-se a arqueologia de um prémio que é "uma radiografia do ensino da música em Portugal".

  • A oratória de Francisco António de Almeida sobre a história bíblica de Judite e Holofernes há dez anos que não se ouvia no país.

  • A canção Love without violins, com o inglês Brian Eno, já tem videoclip. O álbum dos The Gift sai em 2017.

  • Criado com a estrutura de um filme, em que uma narrativa vai correndo do início ao fim, com uma ideia de caminho e um desenvolvimento em actos, Mergulho em Loba é o primeiro álbum de Joana Barra Vaz. Triunfo de uma escritora de canções que resistiu ao máximo entregar-se à música.

  • Ainda a recuperar do escândalo de uma falsa reportagem sobre uma violação em grupo na Universidade da Virgínia, a icónica revista de música tenta agora expandir-se na Ásia.

  • Com o fim de A Naifa, Sandra Baptista e Maria Antónia Mendes voltam a juntar-se, agora enquanto Señoritas. Um duo para canções cruas, nascidas sem qualquer ambição de grandiosidade.

  • Num parque empresarial em Vila Nova de Gaia acaba de surgir uma academia que integra o primeiro ginásio de parkour da região Norte, o segundo em Portugal. Uma modalidade que se descobre todos os dias a si própria, dividida entre a arte e o desporto, o físico e o psicológico.

  • Em entrevista à Rolling Stone, o músico classifica a candidatura de Trump como “uma tragédia” para a democracia do seu país. E que Hillary Clinton seria uma Presidente "muito, muito boa".

  • Will Brooker, professor universitário em Londres, passou um ano a viver como David Bowie para escrever um livro sobre o “camaleão” da música pop. A experiência ficou registada no documentário Being Bowie, que estreou esta quinta-feira na conferência internacional sobre David Bowie, em Lisboa.

  • Artistas que exploram o universo da música e da arte visual, como Ryoji Ikeda, Zebra Katz ou Nástio Mosquito, e portugueses como Pedro Carneiro, actuam a 5 de Outubro na inauguração do novo edifício do MAAT em Lisboa. Serão 12 horas de eventos com entrada gratuita.