• Yoko Ono coordenou a feitura de uma nova versão da canção, com a Unicef e os direitos das crianças em mira. Veja o vídeo aqui.

  • Vanessa Paradis, Lou Doillon ou Jacques Higelin são outros nomes associados à iniciativa para ajudar no combate ao ébola.

  • O’culto da Ajuda, novo espaço da Miso Music Portugal dedicado à criação contemporânea, acolhe pela primeira vez o Festival Música Viva.

  • Alceu Valença, um dos nomes históricos da criação musical de Pernambuco, lança um disco ao vivo com a Orquestra Ouro Preto, Valencianas. Já nas lojas, deve chegar aos palcos em Janeiro de 2015.

  • Entre a performance, a dança e o rap, eis Zebra Katz, trazendo até Lisboa – quarta-feira, no MusicBox – alguma da cultura mais alternativa de Nova Iorque.

  • A música de Norberto Lobo expande-se entregue a um maravilhoso e maravilhado talento

  • Porto Electrónica 1985-2005 é um documentário sobre as subculturas da música electrónica que se moviam na noite do Porto, sobre os DJ e os clubes que nelas participavam. Estreia-se esta sexta-feira no Passos Manuel, seguido de um concerto especial.

  • Give People What They Want será sempre o disco da tormenta de Sharon Jones, gravado entre a morte da mãe e a sua própria luta contra o cancro. Domingo recebemo-la em Lisboa e há que celebrá-la enquanto a temos por cá.