• Como a vida é curta, divertida e complicada de mais para gastar tempo precioso a fazer contas simples e entediantes, todos os meses — sem querer nem saber — gasto mais dinheiro do que o que tenho.

  • Os australianos The Saints estiveram na linha da frente do punk com (I'm) stranded mas nunca apreciaram ver-se descritos como tal. Di-lo o vocalista Chris Bailey, pouco antes da estreia da banda em palcos portugueses no Stairway Club, em Cascais.

  • Jack DeJohnette celebra o passado com um registo vibrante, fortemente ancorado no presente.

  • Programar um ciclo dedicado à “música degenerada”, como agora na Casa da Música, é um gesto da máxima importância

  • Há muito humor na electrónica saltitona e nas palavras que brotam do subconsciente de Paulo Zé Pimenta, ou seja PZ. Tem novo álbum: Mensagens da Nave-Mãe. Audição exclusiva do álbum aqui até segunda- feira

  • Após anos de incerteza em relação a um novo álbum, os Blur lançam na próxima segunda-feira The Magic Whip. Uma prova de notável fôlego criativo de um grupo que, depois de retratar o seu país, partiu em busca de se encontrar no mundo.

  • Os Dias da Música em Belém celebram a música que o cinema usa, cria e recria, numa programação marcada por uma enorme diversidade.