Um narrador anónimo carrega a ambiguidade de se sentir entre o bem e o mal, o Ocidente e o Oriente. O Simpatizante traz essa contradição. É o romance de estreia de Viet Thanh Nguyen e venceu o Pulitzer em 2016. Uma sátira de espionagem.

35 anos de uma correspondência que atravessa os anos da ditadura portuguesa, a revolução e a democracia com a mesma liberdade: a de um libertino com voz própria e a de um grande senhor amante dos livros.

O espanhol Jorge Carrión, inveterado viajante, escreveu um livro que é mais do que um ensaio em redor de livrarias. Em tom melancólico, vai contando também histórias de leitores e de escritores em lugares que são uma "representação do mundo".

Patrícia Portela volta a exercer a sua acção inventiva e rebelde sobre os géneros literários, as modalidades da expressão, os desempenhos esperados. Um exercício de especulação e atiçamento atirado sobre um quotidiano complexo e enigmático: Dias Úteis.

Um retrato psicológico de uma personagem patética e perturbadora num romance surpreendente: O Meu Nome Era Eileen, de Ottessa Moshfegh.

Swing Time, titulo retirado ao filme de Fred Astaire e o título do mais belo romance de Zadie Smith. Uma narrativa sobre o presente, centrada na amizade entre duas mulheres que se conheceram em crianças unidas pelo sonho da dança. Uma tem talento a outra não sabe qual o seu dom.