Quando era jovem, Nelson Ferreira tentou tudo para ser expulso de Portugal para Angola, Renunciou à nacionalidade portuguesa, mas Angola, onde nasceu, rejeitou-o. Ficou preso num limbo sem país. Agora, saído da cadeia sem ter para onde ir, encontrou ajuda no teatro e vive dos papéis que interpreta.

Imaginando o que teria sido a sua vida se tivesse partido para África em 1984, Jorge Andrade usa a sua biografia para criar uma ficção em Moçambique que em tudo se parece com a realidade. A Mala Voadora aterra esta semana no Rivoli, no Porto, e na seguinte no Maria Matos, em Lisboa

A partir da ideia de Fernando Pessoa, o Teatro Praga abre a temporada do Teatro São Luiz com Zululuzu. É um espectáculo em forma de manifesto-delírio dedicado a dar visibilidade aos poderes opressores e a combater a redução de Pessoa, África ou Portugal a quaisquer tentativas de simplificação

O Freedom não é uma alternativa à resistência, é uma forma de resistência. Fomos a Jenin quando o encenador Tobasi e os mais jovens seis estavam a fazer a mala para Portugal. Estão cá.