O Nosso Desporto Preferido – Futuro Distante é a segunda parte da tetralogia em que Gonçalo Waddington se inspira em Huxley e Houellebecq para se perguntar em termos impudicos para onde caminha o mundo e o papel que a ciência desempenhará num novo paradigma civilizacional.

Nas próximas quatro noites, o Cineteatro Constantino Nery vai ser um sótão clandestino. O Grande Tratado da Encenação abre a trilogia do Teatro Experimental do Porto sobre a juventude insubmissa que mudou a História de Portugal.

Pela primeira vez no seu percurso, cria uma obra para o palco. A convite da bienal BoCa, a cineasta mergulhou num museu de cera de Beirute e colocou uma Penélope contemporânea no meio de um coro dissonante de vozes políticas e religiosas. Fatamorgana mostra-se no CCB a 12 e 13 de Abril.

Luís Mestre escolheu o Outono para começar a sua Tetralogia das Estações. Um actor cansado, que é tanto a personagem como o artista que lhe dá corpo, encontra uma mulher que se atravessa na sua história. A estreia é esta quinta-feira no Teatro Municipal do Porto.