Hugo Soares, novo líder parlamentar do PSD, baixa a fasquia das autárquicas: para ganhar, basta ter mais câmaras do que há quatro anos.