• Empresa divulga um crescimento de 8% do volume de negócios consolidado do grupo no primeiro semestre deste ano. Negócio digital apresenta acelerações vincadas. Lucro líquido caiu 4% por factores extraordinários.

  • Balsemão quer menos exposição ao sector das revistas. Ou há compradores para os títulos ou encerra-se as publicações.

  • Análise do Centro de Estudos e Investigação Científica (CEIC) da Universidade Católica de Luanda destaca que entre 2002 e 2008 houve uma oportunidade perdida para melhorar a vida da população angolana.

  • Governo quer simplificar o regime de certificações. Mas estatísticas de segurança preocupam: em 2015, os 74 incêndios com origem nas instalações eléctricas provocaram dez mortes.

  • Tudo começou com um “olho de água quente”. Aos 165 anos, o segredo da Água de Luso continua a ser a Serra do Buçaco. Acompanhou gerações e há meio século faz parte da histórica da Central de Cervejas. Vende para 30 países e produz 800 mil garrafas por dia.

  • Esperamos, pois, que seja desta que o status quo mude, dignificando-se esta área tão importante para o sector público e privado, nacional e internacional.

  • O Income Fund of America aumentou a sua participação na EDP para 2%, passando a deter uma participação qualificada na empresa.

  • Iniciativa para denunciar o incumprimento do salário mínimo nacional está marcada para a próxima terça-feira.