De A a Z. O que fazer no recolher obrigatório durante o fim-de-semana?

O PÚBLICO preparou uma lista de sugestões com diversas actividades para ocupar o tempo da melhor forma, sem sair de casa.

Foto
Luana Lloyd

Se vive num dos concelhos classificados como de risco elevado devido ao novo coronavírus, neste fim-de-semana e no próximo não vai poder sair de casa entre as 13h e as 5h. Ou seja, só poderá circular na via pública durante a manhã.

Por isso, o PÚBLICO preparou uma lista de sugestões, de A a Z, com diversas actividades para ocupar o tempo da melhor forma, sem sair de casa.

Árvore de Natal 

Ainda falta mais de um mês para o Natal, mas esta é uma boa oportunidade para tratar da decoração natalícia. Montar a árvore com os mais novos e decorar a casa com espírito natalício são algumas das opções. Pode também preparar a lista dos presentes a oferecer ou organizar o amigo secreto online.

Bolos e bolachas

Um bolo acabado de sair do forno, com uma chávena de chá ou chocolate quente, é perfeito para aconchegar e combater o frio do fim-de-semana que se avizinha. As receitas de bolos e bolachas para preparar numa tarde de Outono são quase infinitas. Damos-lhe algumas sugestões:

Cultura online

Através da Internet é possível conhecer inúmeros museus ou “ir” a festivais. Neste fim-de-semana, poderá acompanhar o festival holandês Le Guess Who On, que inclui concertos, documentários, filmes e entrevistas. É de acesso livre.

Outra sugestão é o encontro digital promovido pela Open House Worldwide, que propõe discussões, visitas virtuais e outras actividades relacionadas com arquitectura, design e urbanismo durante 48 horas, sem interrupções. A Trienal de Arquitectura de Lisboa vai marcar presença.

Diário 

O período de pandemia que vivemos há meses provocou desafios novos e diferentes para cada um. Escrever um diário pode servir apenas para recordar mais tarde aquilo que viveu neste período, mas também poderá ajudar a lidar com emoções e sentimentos.

“Uma coisa tão simples como escrever cerca de 20 minutos sobre os problemas que nos estão a afectar pode ter efeitos importantes não só na saúde física e mental, como também em termos de capacidades cognitivas”, concluiu um estudo realizado por uma equipa de psicólogos norte-americanos.

Exercício 

Desde o primeiro confinamento, em Março, que as ideias para fazer exercício físico em casa se multiplicaram. Primeiro, deve encontrar um espaço para o fazer. Depois, perceber que material tem disponível – muitas vezes, o corpo é suficiente.

Há exercícios que são feitos dois a dois (por exemplo, pais e filhos) e que podem ser realizados em qualquer lado, na varanda ou na sala, desde que haja espaço e vontade. Os mais velhos também se devem juntar.

Se preferir, pode apenas dar um passeio higiénico na área próxima à habitação ou passear o seu animal de estimação, actividades que são permitidas, apesar do recolher obrigatório.

Fotografias

O tempo livre pode ser aproveitado para organizar álbuns de fotografias, tanto no computador como em papel. Nada melhor do que rever memórias de infância, reviver momentos importantes ou mostrar acontecimentos do passado aos mais jovens.

Gaming

Quer seja em família, para estar em contacto com os interesses dos mais novos, ou com os amigos online, para não ser perder o contacto, fazer um torneio de videojogos é sempre uma forma divertida de passar o tempo. Entre os lançamentos mais recentes encontram-se FIFA 21, Call of Duty: Black Ops Cold War Just Dance 2021. NBA 2K21 sai a 19 de Novembro, antes do próximo fim-de-semana de recolher obrigatório.

Na Internet alguns jogos têm ficado populares, como Animal Crossing (Nintendo Switch) ou Among Us (disponível para smartphones). E pode sempre contar com o tradicional Sims e as suas expansões. 

Harry Potter  

Os fãs de Harry Potter sabem o prazer que sentem ao fazer uma “maratona” da saga. Se ainda não viu todos os filmes, este é um bom momento para o fazer. Além disso, pode descobrir mais na plataforma Harry Potter at Home, que inclui jogos e narrações de capítulos dos livros, entre outras actividades.

Inferno

Plano para sábado à tarde: cinema no sofá. A SIC vai exibir Inferno, cujo protagonista é Tom Hanks, pelas 15h35. Baseia-se no romance com o mesmo nome, da autoria de Dan Brown, e foi lançado em 2016. Ainda no sábado, a SIC vai apresentar Beethoven e o Tesouro Secreto, às 18h20.

No canal Hollywood poderá ver Solace: Premonições (15h55) ou Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça (17h35). No domingo, às 18h20, é a vez de um filme tipicamente português: O Pátio das Cantigas.

Jardinar 

Se tiver um quintal, de certeza que já sabe como é preciso dedicar-lhe tempo e cuidado. No entanto, o confinamento veio acentuar a necessidade de fazer crescer o verde dentro de apartamentos e até em varandas. As plantas de interior têm ganho um papel que transcende a decoração. Aproveite para cuidar delas e fazer este quiz do P3 para testar os seus conhecimentos sobre o assunto.

Kondo, Marie Kondo

Arrumar e organizar podem não ser as tarefas mais divertidas, mas por vezes são necessárias. Neste tempo de recolhimento, pode aproveitar para arrumar aquela gaveta ou estante mais desarrumada. A japonesa Marie Kondo, a “guru da limpeza”, pode dar-lhe uma ajuda: protagonizou uma série da Netflix, já escreveu vários livros e está presente em diversas redes sociais, como no Youtube.

Ler

Um livro é, possivelmente, uma das melhores companhias em qualquer momento. No site Leituras pode acompanhar as sugestões do PÚBLICO, assim como aceder a pré-publicações e críticas ou ler entrevistas a autores.

Memórias da escritora chilena Isabel Allende, da bibliotecária de Auschwitz Dita Kraus ou da ex-agente norte-americana Tracy Walder são algumas das sugestões para este mês de Novembro.

Maratona

Não lhe vamos dizer para correr a maratona (até porque a excepção de andar ao ar livre só se aplica a distâncias curtas), mas pode sempre fazer maratona de séries e filmes preferidos. 

Já falámos de Harry Potter, mas outros clássicos como O Senhor dos Anéis, Star Wars, ou 007. Pode também fazer binge-watching de filmes de animação, como Toy Story ou Shrek, com os mais pequenos. Quanto a séries, poderá ver o clássico Friends (Fox Comedy) ou This is Us (que estreou esta semana na Fox Life).

Nuvens

Olhar para as nuvens, para as estrelas, para o céu, ou até mesmo para os pássaros que por cá passam o Outono é o conselho que o PÚBLICO lhe dá. Olhar para a janela e contemplar o que está lá fora. Não será, com certeza, o único. Sabia que, há 15 anos, foi fundada a Cloud Appreciation Society (Sociedade de Apreciação de Nuvens)? Um grupo que contempla as nuvens e que conta com alguns portugueses.

Ouvir

Uma boa forma de se distrair em casa pode passar por ouvir podcasts e música nas suas plataformas preferidas. Pode também aproveitar para ouvir os episódios do P24 desta semana ou escolher entre os vários podcasts do PÚBLICO. Temos ainda diversas sugestões de podcasts na rubrica “Quem Pode, Pod”.

PÚBLICO

Deixe-nos voltar a puxar a brasa à nossa sardinha. Como disse o director do PÚBLICO, Manuel Carvalho, no início do mês, “no meio de tantas incertezas, há uma certeza absoluta: quanto mais soubermos o que se está a passar, melhor saberemos julgar a situação e responder-lhe de forma eficaz”. Para uma informação diária e credível, sobre a pandemia de covid-19 e não só, assine e leia o PÚBLICO

Quiz

Pode aproveitar o tempo livre para testar os seus conhecimentos com os quizzes do PÚBLICO ou fazer outros dos nossos jogos (sudoku, palavras cruzadas, puzzles, bridge e, o mais recente, de memória fotográfica).

Russo, alemão, italiano, espanhol...

Qual o idioma que sempre quis aprender? A escolha é sua. Agora que tem o tempo livre, pode finalmente começar a aprender uma nova língua. Há algumas aplicações que o podem ajudar, como a DuoLingo, a Busuu ou a Babbel. A próxima vez que viajar para o estrangeiro pode mostrar os seus novos dotes.

StayAway Covid

Mais do que um desejo, é também uma aplicação, criada para ajudar na protecção contra o novo coronavírus. O Governo tem pedido à população que a instale, pois aqueles que tiverem a aplicação instalada são alertados de contactos de risco com alguém confirmado como infectado com o novo coronavírus. Este alerta acontece se a pessoa estiver durante mais de 15 minutos a menos de dois metros com um infectado e se o infectado também tiver instalada a app e inserir o código na mesma. Saiba melhor como funciona a aplicação aqui.

Assim, se tiver mesmo que sair de casa durante o recolher obrigatório, não se esqueça da máscara, de desinfectar as mãos e de ter a aplicação instalada.

Trabalhos manuais 

Porque não aventurar-se nos trabalhos manuais? Se tiver crianças em casa pode ser uma actividade divertida para fazer com elas – desde pinturas e colagens, desenho e plasticina. A nossa imaginação é o único limite que há. E mesmo que não esteja rodeado de crianças, há sempre algo engraçado para fazer, quem sabe, algumas prendas de Natal feitas em casa?

Uber Eats, Glovo ou Bolt Food

Porque não ajudar um restaurante e encomendar comida? Há diversas aplicações onde o pode fazer como a Uber Eats (presente em 16 cidades, de Norte a Sul do território continental), a Glovo (em 34 cidades, de Norte a Sul no continente e ainda no Funchal e Ponta Delgada), ou a mais recente, Bolt Food (só está em Lisboa, por enquanto). Pode também ligar directamente para o seu restaurante preferido. A partir das 13h de sábado e de domingo os restaurantes estão apenas autorizados a fazer entregas ao domicílio.

Videochamadas 

As videochamadas tornaram-se mais comuns no quotidiano marcado pela pandemia. Além da utilização como ferramenta de trabalho, são uma boa opção para manter o contacto com a família e amigos. Apesar da distância física, conversar e ver aqueles que nos são mais próximos pode fazer-nos sentir melhor. Que tal organizar um jantar online com o resto da família, cada um na sua casa?

Workshops online

Além dos novos idiomas, já pensou em aprender uma nova competência? Desde que a pandemia de covid-19 chegou que os workshops e cursos online se têm desenvolvido ainda mais. Na Artlier tem diversos oficinas de trabalhos manuais, tais como restauro, cerâmica, serigrafia, entre outros. Se estiver mais interessado em cosmética e produtos naturais e biológicos, a BioVó tem cursos online dentro desses temas. 

Não se interessa tanto por estes trabalhos? Pode também ter aulas de música com a Musicasa ou ter aulas sobre HTML, Java e outros programas na Codecademy.

Xadrez

Depois de a Netflix nos ter presenteado com uma nova série sobre xadrez (The Queen’s Gambit), porque não dar uma hipótese a este jogo? Se não for fã de xadrez, pode sempre optar por outros jogos de tabuleiro. Há o tradicional Monopólio (que tem imensas versões novas de séries de televisão ou até de clubes de futebol), Catan e Cluedo. Pode ainda construir casas na Ribeira, com o jogo Porto, uma homenagem feita à cidade por Orlando Sá.

Não é fã de jogos de tabuleiro? Deve ter um baralho de cartas perdido em casa ou mesmo um conjunto de dominó.

Yoga e meditação 

O stress derivado da pandemia de covid-19 pode ser difícil de gerir, mas o yoga pode ajudar. A procura por aulas de yoga, pilates, meditação e treinos ao ar livre ou online com personal trainer aumentou após o confinamento e as inscrições nessas modalidades continuam a aumentar, revelaram vários professores no início de Outubro à agência Lusa.

Georgina Miranda, professora de yoga e meditação no centro do Porto, considera que as pessoas se sentem “melhor”, com “mais poder interior” e a “controlar as emoções”, mesmo que no exterior tudo esteja “louco”, com a prática desta modalidade.

Zzzzz

Por fim, depois de fazer tudo o que o PÚBLICO lhe sugeriu, aproveite para descansar, dormir e recarregar as baterias para a semana seguinte.