• Deputados votam em plenário esta quarta-feira a versão final de um documento que implicou entendimentos à direita e à esquerda. Vencimentos dos cientistas vão subir e prazo para que as instituições contratem os doutorados será alargado.

  • O mais curioso é verificar que as universidades não vieram a terreiro apresentar a sua visão, seguramente informada, sobre a central nuclear espanhola.

  • O talento não escolhe trabalhar em universidades que se demonstram apenas interessadas em subordinar, desvalorizar e precarizar.

  • No dia do aniversário de Carlos Lineu, o pai da taxonomia, costuma ser divulgada uma lista de dez espécies que fizeram furor no ano anterior. Em 2016 descobriram-se 18 mil espécies, entre elas uma orquídea parecida com a figura de um diabo e uma centopeia que mergulha.

  • Onde apareceram os primeiros indivíduos após a separação entre os ramos evolutivos dos humanos e dos chimpanzés? Em vez de África, um estudo diz agora que pode ter sido no Leste do Mediterrâneo.

  • Já não é novidade que os povos bantos percorreram muitos quilómetros ao longo dos tempos. Agora há novos pormenores sobre as suas migrações contadas num artigo na revista Science.