Dão: O Melhor do Concurso de Vinhos 2020

23 de abril de 2021
17:45

A demarcação do Dão em 1908 confirmou a fama de uma região que ainda hoje é sinónimo de bons tintos. Implantadas em solos graníticos e escondidas entre pinheiros, as vinhas geram dos vinhos mais equilibrados de todo o país, sempre com acidez e frescura perfeitas e atraentes. Ali se revelou a casta Encruzado, enigmática e geradora de alguns dos melhores brancos portugueses, ali se expressa a Touriga Nacional como em nenhum outro local. Ali surge hoje a Tinta Roriz onde outrora havia Tinta Pinheira e a Alfrocheiro tem mais protagonismo do que nunca. No Dão, fazem-se sobretudo vinhos de lote, longevos, finos, muito atractivos. Na última década, vários projectos novos vieram animar o panorama regional, ao lado de empresas produtoras de várias dimensões e das adegas cooperativas que se souberam modernizar. Numa área de cerca de 20 mil hectares, encontramos sobretudo vinhos DOC Dão, os vinhos IG (os chamados Vinhos Regionais) têm aqui pouca expressão. E as castas tradicionais dominam por completo os encepamentos. A Jaen domina nos tintos – embora a Touriga Nacional seja a grande referência, transversal aos melhores vinhos –, e a Malvasia Fina e o Encruzado nos brancos. Neste evento do Portugal à Prova, provamos os vinhos Casa da Passarella A Descoberta rosé 2019, Tesouro da Sé Private Collection tinto 2017 e Allgo Touriga Nacional 2017.

  • Prova por
  • Pedro Mendonça

    Pedro Mendonça

    Director-executivo da Comissão Vitivinícola Regional do Dão

  • Moderação
  • Manuel Carvalho

    Manuel Carvalho

    Director do Público

Mais episódios

×