Ex-presidente da Relação usou tribunal para ganhar 280 mil euros com julgamento privado

Luís Vaz das Neves é suspeito de ter viciado sorteios de processos aos juízes. Está indiciado por corrupção e abuso de poder na Operação Lex. No processo em que foi árbitro recebeu 280 mil euros em honorários.

,Juiz
Foto
MANUEL DE ALMEIDA

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Luís Vaz das Neves, que tem uma empresa através da qual presta serviços de arbitragem extrajudicial, usou o salão nobre deste edifício para um julgamento privado com o qual ganhou 280 mil euros.