• O presidente "leonino" reconhece os excessos cometidos pelos adeptos do clube, recordando o trabalho preventivo que têm feito contra o uso de engenhos pirotécnicos.

  • Sindicato dos trabalhadores pede a fusão das empresas Carristur e Carris Bus na empresa-mãe, a Carris. PCP apoia e submete em reunião de câmara uma proposta para devolver o conselho consultivo à empresa, de forma a envolver os municípios próximos nas decisões da Carris.

  • É só até ao fim deste mês, garante a Câmara Municipal de Lisboa. Nas últimas semanas foram feitas novas passadeiras e alargaram-se os passeios, eliminando lugares de estacionamento. Quantos? A autarquia não esclarece.

  • Autarquia garante que a construção do campo de râguebi “não põe em causa a certificação de Monsanto” nem vai contra a concepção de desenvolvimento do parque florestal.

  • Apesar de o projecto ter sido revisto, os serviços da DGPC alertaram para a possível destruição de 80% de uma estrutura com “elevado interesse patrimonial”. Câmara garante que monumento não será afectado, mas o arquitecto responsável não tem assim tanta certeza.

  • O que está aqui em causa é questionar se não se podia fazer tudo isto de outra forma, sem este afirmar de “marca de autor”, sem tentar enfiar o Rossio na Betesga nem que para isso altere a cidade?

  • A Polícia Judiciária apreendeu um carro que se suspeita ter sido utilizado no atropelamento de um italiano de 41 anos, no mesmo dia do jogo entre Sporting e Benfica.