Doze experiências para celebrar o Dia do Pai à medida de cada um

Vinho, comida, teatro, humor, cinema, poesia, peças de autor, visitas, música e animais. Uma dúzia de sugestões para celebrar a data. Porque o pai merece.

Vinho do Porto
Fotogaleria
Quinta de S. Luiz, Sogevinus DR
,Vinhedo
Fotogaleria
Quinta da Pacheca DR
Café da manhã
Fotogaleria
Box Pequeno-Almoço do Sheraton Cascais Resort DR
gastronomia,vinho,fugas,teatro,cinema,musica,
Fotogaleria
Proposta do chef Fábio Alves DR
,Potage
Fotogaleria
Proposta do chef Fábio Alves DR
gastronomia,vinho,fugas,teatro,cinema,musica,
Fotogaleria
Proposta do chef Tiago Bonito DR
gastronomia,vinho,fugas,teatro,cinema,musica,
Fotogaleria
O Jardim Zoológico de Lisboa desafia crias e progenitores a participar numa “verdadeira aventura de detectives” DR
Rufus Wainwright
Fotogaleria
Rufus Wainwright dá um concerto virtual DR
gastronomia,vinho,fugas,teatro,cinema,musica,
Fotogaleria
Jaguar, de Marlene Monteiro Freitas, na Sala Online do Teatro Nacional D. Maria II (Lisboa) Laurent Paillier
,Baixo
Fotogaleria
A Monstra - Festival de Animação de Lisboa deixa um aperitivo na plataforma Filmin DR
gastronomia,vinho,fugas,teatro,cinema,musica,
Fotogaleria
Válvula, a história dos graffitis é contada no Teatro Nacional São João (Porto) Rui Carlos Mateus
gastronomia,vinho,fugas,teatro,cinema,musica,
Fotogaleria
Ana Deus apresenta Vanguardas Poéticas na companhia de João Paulo Esteves da Silva Rita Antunes
,Federico Fellini
Fotogaleria
Quarentena Cinéfila com Labirinto Infernal de Luis Buñuel DR
Lisboa
Fotogaleria
Lisboa Comedy Club DR

Para o pai teatral

Para quem já tem saudades dos palcos, há boas sugestões em cena. O Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, leva um Jaguar para a Sala Online. A peça, criada pela coreógrafa e bailarina Marlene Monteiro Freitas em colaboração com Andreas Merck, põe os corpos no centro de um teatro de marionetas para serem activados e manipulados, numa “cena de caça assombrada”. Pode ser vista entre 19 de Março e 2 de Abril, com bilhetes a 3€. Já a Sala Virtual do Teatro Nacional São João, no Porto, é ocupada com Válvula, uma performance que tem como pano de fundo a arte urbana. Num espectáculo destinado ao público adolescente, cabe ao desenhador António Jorge Gonçalves e ao MC e activista LBC Soldjah (Flávio Almada), através de música, palavra e ilustração, contar a história dos graffitis. Até 19 de Março, com bilhetes a 2€. 

Para o pai bem-humorado

Que tal oferecer uma noite de gargalhadas, copos e petiscos para o momento em que a pandemia sair de cena? O novo Lisboa Comedy Club está pronto a abrir assim que as condições o permitam, na Avenida Duque de Loulé, para dar ainda mais animação a esses ansiados dias. Enquanto o voucher de oferta stand-up não se concretiza, é possível alugar um ou mais espectáculos de comédia (a dar para o negro) no respectivo videoclube online, por 3€ a peça (disponível para visualização durante 24 horas). Neste palco digital estão em cena Guilherme Duarte, Hugo Sousa, Ana Garcia Martins, Gilmário Vemba e Francisco Menezes, entre outros. Os adeptos de um humor ainda mais ácido podem contar com três roasts: a Toy, José Castelo Branco e Ljubomir Stanisic. E a diversão pais-filhos pode ser acompanhada com a encomenda, através do UberEats, de “um menu simples e acessível, que dá já a conhecer aos seus futuros clientes um bocadinho do que poderão esperar desta casa”, anuncia o clube. Neste período de lançamento, os pedidos superiores a 15€ incluem o acesso a um dos conteúdos do videoclube e uma garrafa miniatura de whisky

Para o pai cinéfilo 

Enquanto as salas não reabrem, a 19 de Abril, há raridades para ver em casa na Quarentena Cinéfila oferecida pela Medeia e a Leopardo Filmes, uma iniciativa que tem dado alento aos cinéfilos confinados e que agora entra na sua quarta fase. O programa projecta em streaming gratuito, através do site www.medeiafilmes.com, o Labirinto Infernal de Luis Buñuel (1956), O Rio de Emir Baigazin (2018), O Bosque dos Quincôncios de Grégoire Leprince-Ringuet (2016) e Helena e os Homens de Jean Renoir (1956). O primeiro fica disponível às 12h de 18 de Março, sendo substituído pelo segundo filme no dia 22, à mesma hora. O terceiro substitui-o no dia 25 e o quarto, no dia 29, ficando em exibição até 1 de Abril. 

Para o pai animado

A Minha Família É Uma Confusão! é o tema do programa de filminhos preparado pela Zero em Comportamento para assinalar a data. Fica disponível a partir de 19 de Março, no videoclube da associação, com o objectivo de dar a ver “diferentes realidades familiares” e “perceber que em cada família há diferentes questões a abordar”, sejam birras e castigos, dores de crescimento, dilemas da idade adulta, adopção, umas férias em família ou mesmo a morte de alguém querido, abordada “de uma forma simples, metafórica e simbólica” na curta O Menino e o Avô. Cada conteúdo custa 3€ (com acesso durante 72 horas), mas existem opções de subscrição do videoclube da associação a ritmo mensal (4,92€), semestral (25,83€) ou anual (45,51€). 

Por estes dias, também há animação na Monstra, festival que se está a mostrar online, entre 17 de Março e 4 de Abril, através da Filmin, plataforma de video on demand dedicada ao cinema independente. São dezenas de títulos, organizados em 13 sessões. Além de obras que teriam sido exibidas na (cancelada) Monstra do ano passado, no âmbito da comemoração do seu 20.º aniversário, o programa inclui uma secção documental em parceria com o certame alemão Dok Leipzig, uma retrospectiva do realizador, uma homenagem à Agência Portuguesa da Curta Metragem, a longa Fritzi - A História de Uma Revolução e uma Monstrinha para pais e filhos, sem esquecer a antevisão da edição deste ano, agendada para 21 de Julho a 1 de Agosto. A subscrição pode ser feita por 6,95€ (um mês de acesso às sessões e todo o catálogo Filmin) ou 10,95€ (dois meses de acesso às sessões Monstra e todo o catálogo Filmin, desde que a subscrição seja feita nas datas do festival). 

Para o pai poeta

Para tempos confinados, venha a poesia. Pelas mãos do festival Poesia à Mesa, a noite de 19 de Março passa pelas Vanguardas Poéticas de Ana Deus e do pianista João Paulo Esteves da Silva. O encontro está marcado para as 21h30, no Facebook do festival e do município de S. João da Madeira, e promete celebrar “a poesia com o espírito aberto e moderno do nosso tempo”, num espectáculo que junta a palavra dita à cantada, com entrada livre. A acompanhar o menu poético há também refeições em take-away, preparadas pelos restaurantes associados ao cartaz.

Com as raízes mais a sul, na bagagem do festival Periferias de Sintra, está Uma Viagem pelo Mundo da Poetry Slam, guiada pelo Poetry Slam Sintra. Com transmissão em directo a partir do Facebook do Chão de Oliva, dia 19 às 21h45, embarca-se numa viagem que contará com convidados de várias geografias, como Portugal, Itália, Angola ou Guiné, e com um momento de microfone aberto a quem quiser apresentar as suas palavras. A entrada é livre.

Para o pai animal lover

O Jardim Zoológico desafia crias e progenitores a participar numa “verdadeira aventura de detectives” no site do zoo. Entre 19 e 21 de Março, põem-se as duplas imbatíveis a “desvendar o grande mistério dos alimentos desaparecidos”, num percurso de pistas que levam à resolução do enigma. As respostas são enviadas para zoopassatempos@zoo.pt e habilitam os participantes a convites duplos para uma visita ao zoo, ao vivo e a cores, num futuro desconfinado.

Também o Oceanário de Lisboa se junta às celebrações da data: além de uma visita virtual ao Outro Lado – com ligação directa aos testemunhos de biólogos e aquaristas, às rotinas diárias dos ”moradores” e a curiosidades dos bastidores (a 20€ o “mergulho”) –, há um pack especial que inclui uma t-shirt sustentável There is no planet B e um bilhete de visita ao aquário, válido até ao final do ano (29€, disponível aqui). 

Para o pai melómano

Para colmatar as saudades das salas de concertos, que tal transformar a sala lá de casa no cenário de uma matiné ou soirée de música clássica? Do Teatro Nacional de São Carlos chegam as notas dos Concertos Brandeburgueses de Bach, interpretados pela Orquestra Sinfónica Portuguesa, sob a liderança da violinista Ana Pereira. Foram registados no início de Março para serem emitidos online nos dias 19 e 21, como parte da temporada 2020/21 (bilhetes a 3€). Na sexta-feira, ouvem-se os concertos 1 a 3; no domingo, 4 a 6. 

Também a Gulbenkian tem uma sugestão musical para o Dia do Pai: às 19h, transmite no seu site, gratuitamente, “uma obra maior do repertório orquestral e concertante do período romântico”: o Concerto para Violino e Orquestra de Cordas de Felix Mendelssohn-Bartholdy. É executado pela orquestra da casa, com Bin Chao como solista e maestro.

Se os ouvidos do pai forem adeptos de outras sonoridades, uma hipótese é oferecer um bilhete para um concerto virtual. Rufus Wainwright, por exemplo, dá um a 19 de Março, às 21h, em live streaming. É preenchido por raridades e temas pouco conhecidos da sua prolífica produção de canções e faz parte do ciclo Rufus-Retro-Wainwright-Spective, solução do músico canadiano para “tempos especiais [que] exigem ideias artísticas especiais”. Os bilhetes custam 20€ (com visualização disponível até 27 de Abril) e estão disponíveis aqui

De mais perto (e sem pesar na carteira) chegam outras sugestões: Ana Lains a cantar Mátria Língua e celebrar 20 anos de carreira, num concerto em directo do Jardim do Cerco de Mafra, transmitido no Facebook da autarquia, às 21h; um tributo a Pedro Barroso oferecido, às 21h30, pelo Teatro Virgínia, que se posiciona na internet enquanto as portas estão fechadas, abrindo janelas para um conjunto de espectáculos que, como este, foram gravados no último trimestre de 2020; ou uma Hard Rock Cafe Streaming Session com Nuno Norte, às 22h, a actuar directamente do Hard Rock Café Porto, num momento gratuito mas que apela ao “donativo consciente” para técnicos e bandas. 

Para o pai enófilo e aventureiro

Apresentar uma garrafa, num “momento cultural memorável”, onde o bom vinho vem acompanhado por boa música. Esta é a proposta da casa Niepoort, que no dia 19 de Março, às 19h, mostra o seu Vintage 2019, em directo das Caves de Serpa Pinto, em Gaia. A ocasião é harmonizada com um concerto dos GNR, transmitido aqui, num evento que junta Dirk e Daniel Niepoort, Zezé Nogueira, José Rodrigo Nogueira e o enólogo da casa Nick Delaforce. A fechar a carta, está ainda previsto um “momento culinário singular, com Dirk Niepoort a cozinhar algumas das suas especialidades utilizando as borras do Vintage 2000”.

Porque “o pai merece que os vossos caminhos se continuem a cruzar também à volta de valores como a partilha das coisas boas que a vida nos dá”, a Caminhos Cruzados convida os patriarcas a vestirem o fato de Enólogo por um dia. A actividade inclui uma visita à adega e a criação de um vinho feito à medida pelo pai enófilo, num pós-confinamento. O voucher tem um custo de 35€ e pode ser adquirido aqui.

Também a Sogevinus aposta num futuro feito de reencontros. Para o Dia do Pai, a proposta passa pela oferta de experiências vínicas, com validade de um ano, para degustar em família e com a segurança que se impõe. Neste Regresso ao Futuro, estão alinhados seis programas que incluem visitas guiadas às quintas e às caves, passeios pela zona histórica do Porto e de Gaia, provas de vinhos, harmonizações e fado: Da Vinha ao Vinho (20€/pessoa); Peddy Paper Vinho do Porto (45€/pessoa); Visita Privada às Caves de Vinho do Porto Cálem ou Burmester (30€/pessoa); Pairing com Chocolates e Queijos (30€/pessoa); Vinho do Porto e Fado (23€/pessoa) e Acompanhar o Nascimento dos Vinhos da Mais Antiga Casa de Vinho do Porto (13€/pessoa). O voucher desta “viagem ao futuro” é solicitado através do mail turismo@sogevinus.com e enviado em formato digital e personalizado.

No Pinhão, a Quinta do Bomfim brinda aos pais e à família com visitas guiadas ao Centro de Enoturismo, provas de vinho e piqueniques com vista para o Douro. Tudo via voucher, para degustar mais tarde, quando as portas reabrirem. Os presentes custam entre 17€ e 35€ e valem uma colecção de memórias numa “viagem ao coração do vale do Douro”. Compras e marcações através dos contactos quintadobomfim@symington.com e 254730370.

Enófilo, Bom Garfo ou Aventureiro. São estes os nomes dos kits lançados pela Quinta de Soalheiro, em Melgaço, que reservam experiências de acordo com os interesses de cada pai. Para o Pai Enófilo, há três garrafas à prova (o Clássico Alvarinho 2020, o Granit 2019 e o Terramatter 2019), acompanhadas por um vídeo com as notas do enólogo Luís Cerdeira. O Pai Bom Garfo vem com dois vinhos (Clássico Alvarinho 2020 e Granit 2019) e dois petiscos (salpicão de porco bísaro e queijo de cabra curado com pimentão e Alvarinho). O Pai Aventureiro traz três rótulos: Clássico Alvarinho 2020, Allo - Alvarinho & Loureiro 2020 e Sauvignon Blanc & Alvarinho 2019. Cada kit custa 55€ e vem com uma experiência válida até ao final do ano: nos dois primeiros casos, é uma Prova de Vinho Origem na Quinta de Soalheiro, para duas pessoas; no terceiro é um passeio no Parque Nacional Peneda-Gerês, em Lamas de Mouro, com várias actividades radicais (arvorismo, slide, rappel e escalada), para uma pessoa. Os presentes estão disponíveis na loja online, com envios em 72 horas.

 A Quinta da Pacheca também se associa à celebração da data. “Porque o pai merece”, há sugestões de ofertas que vão da winearella (pintura com vinho) assinada por Óscar Rodrigues, que se compromete a passar à tela uma imagem de família (120€) a uma escapadinha na quinta (programa para duas pessoas, com valores entre os 230€ e os 300€), passando por um momento no Vineyard Spa (144€) ou pela “aposta sempre segura” dos vinhos (o pack do Dia do Pai custa 68€ e vem com “três grandes vinhos” e um voucher para uma prova presencial, para duas pessoas). 

Para o pai gastrónomo

As dicas para a celebração da data não poderiam passar ao lado do palato. O desafio do chef Rui Paula é juntar pais e filhos na cozinha e ultimar a refeição preparada pelo seu Restaurante DOP (em formato de take-away e delivery). A oferta está disponível nos dias 19 e 20 de Março e vem com manual de instruções, para não fazer má figura. O menu custa 35€/pessoa e inclui burrata e presunto Pata Negra com molho pesto (entrada), tagliatelle de gambas (prato) e fondant de chocolate e framboesa (sobremesa). Os participantes habilitam-se a uma refeição para duas pessoas no espaço portuense, quando as portas reabrirem.

Também a pensar nos momentos de cumplicidade culinária, o Sheraton Cascais aposta na Box Pequeno-Almoço, que além de sumos, compotas, pão, croissants, fruta, petit fours e minipastelaria, traz um preparado para fazer panquecas com a petizada (29€). Há também uma Box Rústica, com tapas, petiscos, pão, frutos secos, fruta e uma garrafa de vinho (35€). São aceites encomendas até dia 17, para levantamento no resort ou entregas na área de Lisboa.

Para quem quiser “meter as mãos na massa”, os chefs Fábio Alves (do Suba) e Tiago Bonito (do Largo do Paço na Casa da Calçada Relais & Château) partilham as suas receitas especiais (dicas de empratamento incluídas). O primeiro propõe um menu com camarão, abóbora e estaladiço de espinafres (entrada); coxa de pato, migas crocantes de feijão-frade e cenoura (prato), e bolo de ananás caramelizado e côco (sobremesa). O segundo aposta numa sobremesa de rabanada, mousse de café e maçã.

Para o pai artesão

A Feira do Mocho dedica uma montra ao pai. No directório deste mercado digital, entre carteiras, acessórios, camisolas, especiarias, plantas, produtos de beleza e obras de arte, há peças de autor para todos os gostos. As encomendas são feitas online, sendo a mecânica das vendas da responsabilidade de cada marca. 

Para o pai solidário

A sugestão vem das vinhas do Douro e chega da Enoteca - Clube de Vinhos como oferta para o Dia do Pai ou já a pensar em harmonizações com menus pascais. Mas o brinde tem um alcance maior: metade do valor de cada kit vendido reverte para a Bagos d'Ouro, associação que apoia o trajecto escolar de crianças e jovens de famílias carenciadas da região duriense – um trabalho particularmente desafiante desde o início da pandemia, no campo do combate ao isolamento digital. Dentro do kit, além da contribuição para a causa, vêm três garrafas, cada uma com um néctar a representar uma das três sub-regiões do Douro vinhateiro: Baixo Corgo (Caldas Vinhas Velhas tinto 2015), Cima Corgo (Quinta Nova Terroir Blend tinto 2018) e Douro Superior (Barão de Vilar Garrafeira tinto 2015). O conjunto pode ser adquirido aqui, por 59€.

Para o pai medalhado 

O Licor Beirão está a dar condecorações aos Melhores Pais do Mundo. Para distinguir a figura paternal lá de casa basta fazer a inscrição no site www.melhorpaidomundo.com, até 17 de Março. Os agraciados receberão uma chamada telefónica a 19 de Março, a efectivar a distinção com direito a honras de Estado, e ainda um voucher da marca que vale um brinde com Beirão d'Honra. A loja online complementa a oferta com packs exclusivos que assinalam a data com rótulos e certificados personalizados, a partir de 10,70€.