O Ensemble Aga Khan reuniu-se para tocar e dançar com artistas oriundos do Brasil, da Guiné, do Bangladesh e da Gâmbia, bem como portugueses de etnia cigana. Em comum, todos têm o facto de viverem em Lisboa.

  • O Ensemble Aga Khan reuniu-se para tocar e dançar com artistas oriundos do Brasil, da Guiné, do Bangladesh e da Gâmbia, bem como portugueses de etnia cigana. Em comum, todos têm o facto de viverem em Lisboa.

  • O XI Síntese – Ciclo de Música Contemporânea dá a conhecer este sábado na Guarda novas obras encomendadas a Sara Carvalho, Vasco Mendonça e Paulo Jorge Ferreira.

  • The Heart Part 4 surgiu de surpresa na noite desta quinta-feira. Nela, o rapper deixa uma data, 7 de Abril, que parece ser a da edição do sucessor do celebrado To Pimp a Butterfly.

  • Humanz só sai a 28 de Abril mas através de um novo vídeo podemos ficar a conhecer parte do nele vamos ouvir. Revelados também o alinhamento e os convidados, onde se incluem Grace Jones, Pusha T, Jehnny Beth ou os De La Soul.

  • Wolf Eyes, trio de Michigan, apostam mais na sugestão do que no ataque. Actuam quarta-feira na ZDB, em Lisboa.

  • O aguardadíssimo primeiro álbum do músico de Setúbal é uma obra pujante e indomesticável. Confirma-se um amor sem fronteiras, uma criação que vai beber a pontos tão próximos e distantes como o rock, o fado e o semba, o R&B ou a balada pop acústica.

  • O primeiro álbum de Slow J confirma a potência, a diversidade e a ambição da proposta de um artista singular, dotadíssimo e de faro rompedor, que abanará a música portuguesa.

  • O jazz vai abrir-se às mais diversas contaminações de 28 de Julho a 6 de Agosto, na Gulbenkian, com nomes como Steve Lehman, Dave Douglas, Peter Brötzmann ou David Torn.

  • Dois documentários, sobre os Oasis e os Sleaford Mods, e um filme feito por Stuart Staples, vocalista dos Tindersticks, vão ser exibidos em Maio no festival de cinema IndieLisboa, que contará com mais uma sala, o Teatro Capitólio.

  • Numa rara entrevista, o músico fala do seu novo álbum, Triplicate. É o mote para uma viagem pela sua vida, para descobrir histórias de Sinatra e de Elvis. Um vislumbre de Bob Dylan, aos 75 anos.