Falar de Educação em época de eleições é sinal de ilusões

Os dados são reveladores de uma necessidade há muito identificada, mas que os sucessivos governos têm insistido em ignorar.

Depois de acertada a dissolução da Assembleia da República parece que o Governo se lembrou que os professores existem e podem vir a ser uma classe em vias de extinção se nada for feito para evitar a fuga de muitos e a não entrada de outros tantos. Como quem diz, agora que tínhamos tudo preparado para revolucionar e valorizar o ensino e a educação, dissolvem o Parlamento. Se não é um atentado à inteligência dos professores o que será?

Sugerir correcção
Comentar