Em 2016, escolas do básico receberam diagnósticos de dislexia relativos a mais 2 mil crianças. Júri Nacional de Exames alerta para a "precocidade" de diagnósticos no 1.º e 2.º ano e para o efeito "perverso" que prática pode ter nos alunos.

  • Em 2016, escolas do básico receberam diagnósticos de dislexia relativos a mais 2 mil crianças. Júri Nacional de Exames alerta para a "precocidade" de diagnósticos no 1.º e 2.º ano e para o efeito "perverso" que prática pode ter nos alunos.

  • Os professores estão treinados para aguentar as espertezas e os ziguezagues da geringonça educativa. Mas olhe que estão “congelados”, em salários e carreiras, há uma década.

  • Os promotores da "escola" do vazio e da demissão educativa vivem num mundo da ideologia cega, de ódio ao conhecimento, à ciência, à cultura e à razão.

  • Diferenças entre as notas internas dos alunos do ensino secundário também se fazem sentir por curso e região, segundo revela novo estudo da DGEEC.

  • Até agora, quem repetia exames por não ter conseguido passar na 1.ª fase estava isento. Receitas revertem para as escolas.

O Público faz anos e o presente é para si! Saiba mais