Índice da FAO: óleo vegetal e cereais aliviam, açúcar, carne e lacticínios seguem a subir

Indicador que acompanha bens essenciais à alimentação e indústria agro-alimentar, da agência das Nações Unidas, registou um decréscimo de 0,8%, em cadeia, face ao recorde de 32 anos registado em Março. Mas, ainda assim, está 29,8% acima de Abril de 2021.

Foto
Etanol impulsionou o açúcar a registar a maior subida do índice da FAO no mês passado Adriano Miranda

Sugerir correcção
Comentar