Quem ganha e quem perde com a vitória de Rui Rio

O PSD de Rio e o PS de Costa podem, de facto, entender-se. Rio quer reformas, Costa nem por isso, mas ambos partilham a fé no poder do Estado, para guiar os destinos da pátria, e a fé em si próprios, para guiar os destinos do Estado.

Esta análise parte das seguintes premissas: 1) O PSD de Rui Rio está mais ao centro do que o PSD de Paulo Rangel. 2) Rio é mais autoritário e menos liberal do que Rangel. 3) Rio é um candidato mais forte do que Rangel na disputa do espaço do PS. A partir daqui, eis os partidos que ganham e que perdem com a vitória de Rui Rio, avançando dos mais pequenos para os maiores.

Sugerir correcção
Ler 46 comentários