• A reunião está marcada para a próxima segunda-feira, dia 29 de Maio, a pedido do Bloco de Esquerda e do grupo Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido.

  • Verdes pedem ao Governo que "não baixe os braços". PS fala em inversão de ciclo e promete continuar a trabalhar para melhorar resultados. PCP desvaloriza saída e diz que há défice de investimento.

  • Assembleia não quer pagar viagem de dois deputados não conseguiram chegar a Bruxelas para reunião no Parlamento Europeu.

  • Para além da competência deste Governo, o estado de graça do crescimento económico português goza de um efeito que se tornou estrutural durante o Governo de Passos

  • Sociais-democratas deixaram no Parlamento uma lista de recomendações concretas ao Governo. Direita critica atitude socialista de ignorar a boa herança recebida no sector do turismo.

  • Primeiro-ministro defende que o país não pode adormecer e tem de se concentrar na "ambição do pós-2020". Também quer consenso para grandes obras públicas.

  • É preciso dizer que o espectáculo dado por certa elite do PS francês não é caso único por essa Europa fora. Não é necessário chegar a abandonar os partidos sociais-democratas, socialistas ou trabalhistas para se ter desistido do pleno emprego e do Estado-Providência.