Em família: dos lugares mágicos ao reino dos vikings, com ritmos e mentirinhas pelo meio

Sugestões para entreter e animar os miúdos nos próximos dias.

Foto
O Magical Garden entra no Jardim Botânico do Porto DR

VISITAS

24 de Junho a 3 de Outubro
Magical Garden
Todas as idades

Depois de Lisboa, é a vez do Porto receber o percurso nocturno feito de instalações luminosas, paisagens sonoras e video mapping. Cortesia do ateliê OCubo, a experiência sensorial dá a conhecer as espécies que habitam o Jardim Botânico portuense (e também algumas de outros tempos e lugares) por meio de 17 pontos de luz. Por lá andam arco-íris, dragões, budas, esfinges, leopardos, elefantes, pavões, cactos interactivos, azulejos vivos, rosas e orquídeas gigantes, entre outras cenas iluminadas. O Magical Garden está aberto de quinta a domingo, com entradas às 21h30, 22h15 e 23h, e preços entre 10€ e 15€ (crianças até aos três anos não pagam).

19 de Junho
Pintar a Manta
Maiores de 6 anos

Uma visita-oficina para famílias, com o cunho do serviço educativo da Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa), que põe os participantes a construir um tapete colectivo na sala do Oriente Islâmico. Com o foco na tapeçaria persa e turca, Joana Andrade e Hugo Barata orientam a actividade que, referem, “convoca o corpo em movimento e o desenho das relações que o corpo estabelece com o espaço do museu e com as obras expostas”. Encontro marcado para sábado, às 11h, na entrada do Museu Calouste Gulbenkian. Bilhetes entre 5€ e 7,50€.

TEATRO

19 de Junho
Lições de Voo
Maiores de 3 anos

O Teatro de Marionetas do Porto pega numa série de ilustrações da autoria de João Vaz de Carvalho para criar esta peça que, explicam, está assente no “desejo de voo, o secreto desejo humano de realizar o irrealizável”. A encená-la está Isabel Barros. Sábado, às 16h, no Teatro de Vila Real, com bilhetes a 3€.

19 a 26 de Junho
Juro Que É Mentira
Dos 3 aos 6 anos

O Salão Nobre do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, recebe uma peça que se debruça sobre as verdades das mentiras, das descaradas às bem escondidas. Com encenação de Catarina Requeijo, é apresentada ao sábado, às 16h, no âmbito do projecto Boca Aberta, que abre as cortinas do teatro à infância. A entrada custa 4€.

OFICINAS

19 de Junho
Percussão Tradicional Portuguesa
Maiores de 6 anos

Crianças e famílias aprendem a fazer a festa com instrumentos de percussão que representam tradições musicais portuguesas. Num workshop orientado por Rui Rodrigues e Afonso Passos, monta-se o baile com “bombos, caixas, tréculas, reco-recos, zaquelitraques e até brinquinhos da Madeira”. Sábado, às 10h30, com bilhetes a 5€, na Casa da Música do Porto. No mesmo sítio, domingo às 10h30, há Grilis em Paris, uma viagem à cidade luz pelo olhar de dois grilos cantantes (10€ criança + adulto).

19 de Junho
Marionetas Que Dançam
Maiores de 6 anos

A ilustradora Cátia Vidinhas ensina os mais novos a construir marionetas de papel que dançam. Como pano de fundo têm a tradição folclórica da Eslováquia e da Letónia, levando a palco um universo visual onde entram trajes e padrões coloridos, a par da música tradicional. No Convento de São Francisco, em Coimbra, sábado às 15h, com entradas a 5€ (4€ para menores de 12 anos).

MÚSICA

20 de Junho
Concertos Promenade 2.0: Uma Viagem pelas Músicas do Mundo
Maiores de 6 anos

O Coro de Pequenos Cantores de Esposende protagoniza o segundo momento do ciclo de Concertos Promenade do Coliseu do Porto. Domingo, às 11h, o convite é para mergulhar nas sonoridades dos quatro cantos do mundo. Uma viagem que começa em Portugal e tem paragens na Malásia, na Nova Zelândia, na Rússia, nos EUA e em África, comentada pelo musicólogo Jorge Castro Ribeiro. Bilhetes de 6€ a 14€.

16 de Junho a 4 de Julho
Lisboawood
“Os prédios cheios com as multidões que cedo acordam e apanham transportes e vestem fardas e fatos e tarde chegam a casa”. Assim é pintado o cenário desta ópera-rock composta por João Cachola (que também assume a direcção) e pela banda Zarco. Naquela que é a segunda criação da companhia As Crianças Loucas, 22 jovens intérpretes dão vida a “uma ficção hiperbolizada e surrealista do panorama lisboeta actual”, numa peça onde a energia e o vigor da juventude habitam, lado a lado, com as tormentas de um ritmo de vida alucinante e da dificuldade em criar raízes. Em cena no Teatro Meridional (Lisboa), com sessões de quarta a sábado, às 20h, e domingo, às 18h. Bilhetes a 12€.

FESTIVAL

25 a 27 de Junho
Festival DPP’21 - Dias da Percussão Portimão

Portimão recebe a primeira edição de um festival dedicado a mostrar a riqueza do mundo da percussão. Da música clássica à contemporânea, passando pelas batidas do jazz, são vários os ritmos em que se move o programa (disponível aqui), projectado em desfiles e concertos, sem esquecer oficinas e masterclasses para os mais novos, em vários espaços da cidade algarvia. No alinhamento estão convidados como Vasco Ramalho, Nuno Aroso, Eduardo Cardinho, Vasco Dantas, Isabel Vaz, Marcos Cavaleiro, Sérgio Almeida, Bomboémia - Grupo de Percussão da Universidade do Minho ou João Guimarães Grupo. Uma iniciativa da associação cultural O Corvo e a Raposa, em parceria com o município. Grátis a 7€.

FESTA

18 a 20 de Junho
Mostra Medieval e Viking
Todas as idades

Em Vila Nova de Famalicão, o Parque da Devesa transforma-se num reino de vikings. Ao longo de três dias, recua-se ao século XI para dar a conhecer o quotidiano da época, através de espectáculos, lutas, autos de fé, acrobacias e rituais viking. Tudo respeitando as normas de distanciamento em vigor, assegura a Escola Profissional CIOR, que organiza o evento com o apoio da autarquia. Os espectáculos diários, com duração de duas horas cada, decorrem às 10h30, 14h30 e 17h30. Para o aldeamento, há visitas guiadas às 17h. Integrada no programa Anima-te, a mostra tem entrada gratuita, mas sujeita a levantamento prévio do ingresso no parque.