Comissão Europeia pede acordo sobre metas para qualificação dos trabalhadores

Indústria europeia estima que, até 2030, metade dos cerca de 200 milhões de trabalhadores da UE vão precisar de formação para se ajustarem à transição digital e climática.

Foto
Nelson Garrido

A União Europeia tem investido menos do que os EUA e China na transição digital, está a atrasar-se na inovação e tem de evitar que o mesmo aconteça com a qualificação dos trabalhadores. A pergunta é: quem vai pagar a factura?