Ideias para relaxar em família, entre génios, deuses e outras maravilhas

Sugestões para entreter e animar os miúdos nos próximos dias.

Foto
A Ópera Isto mostra A Flauta Mágica Vista da Lua DR/Ópera Isto

MÚSICA

18 de Abril
A Flauta Mágica Vista da Lua

Um concerto para famílias que parte da ópera de Mozart A Flauta Mágica para contar a história do sábio Sarastronauta que, refere a nota de apresentação, “decidiu ir viver para uma estação espacial, na esperança de ter o sossego e a paz de espírito necessários para sua incessante busca de sabedoria”. Com texto e encenação de Mário João Alves, e numa produção da Ópera Isto, o espectáculo é transmitido gratuitamente no canal YouTube do Teatro Nacional de São Carlos, domingo às 16h.

EXPOSIÇÕES

16 de Abril a 11 de Julho
Il Divino Michelangelo & Il Genio Da Vinci

Depois da passagem pelo universo dos mestres da pintura Claude Monet e Gustav Klimt, o ateliê OCubo convida para um mergulho multi-sensorial na arte renascentista de Miguel Ângelo (1475-1564) e de Leonardo Da Vinci (1452-1519). O cenário da Immersivus Gallery, na Alfândega do Porto, é agora ocupado pela mão do fresco d’A Criação de Adão ou pelas esculturas de David, Baco e Pietà do primeiro – também conhecido como O Divino –, e pela arte visionária do segundo, mostrada através de escritos, invenções e estudos ou por obras-primas como Homem Vitruviano, A Última Ceia ou Mona Lisa. A experiência poderá ser visitada numa das cinco sessões diárias: de terça a domingo, às 11h, 13h, 15h, 17h e 19h (em fins-de-semana confinados, apenas às 11h). Os bilhetes custam entre 5€ e 10,50€ (grátis para menores de 3 anos). A componente pedagógica vem reforçada com um workshop de pintura, que põe os participantes a recriar numa tela alguns dos traços das obras em exposição. Tem a duração de uma hora e custa 15€ (inscrição prévia em info@immersivus.com). 

17 de Abril a 3 de Julho
Do Outro Lado da Toca​
Maiores de 3 anos

O convite é simples: deixar-se cair na toca do coelho, sem medos, para ir ao encontro dos sonhos de Alice – a mesma d’As Aventuras de Alice no País das Maravilhas e de Alice do Outro Lado do Espelho, saídos da pena de Lewis Carroll. A instalação imersiva para toda a família vem assinada por outra Alice (Albergaria Borges), numa co-criação com Beatriz Bagulho e Madalena Castro, comissariada por Madalena Wallenstein. Uma entrada a pés juntos num mundo onde se pode “conviver com as flores, deambular por desenhos e padrões, abrir portas para o outro lado do espelho e descobrir quem somos num mundo ao contrário”. Parte do ciclo Festa de Desaniversário, programado pela Fábrica das Artes do Centro Cultural de Belém (Lisboa) – que neste sábado, às 15h, leva à cena online a peça Quem És Tu? –, Do Outro Lado da Toca​ tem presença in loco das 10h às 13h e das 14h30 às 18h (terça a sexta, 1,50€). Sábado e domingo, está aberta apenas no período da manhã (3€).  

TEATRO

22 de Abril a 23 de Maio
Ilse, a Menina Andarilha
Maiores de 6 anos

Um ciclo de leituras e uma série de audiowalks em torno da obra de Ilse Losa abriram o apetite para a peça que agora estreia no Teatrão - Oficina Municipal de Teatro, em Coimbra. Com o cunho de Isabel Craveiro e interpretação de João Santos, Margarida Sousa e Sofia Coelho, a narrativa “cruza a obra literária de Losa com alguns elementos da sua biografia e do seu trabalho como jornalista, tradutora e editora”. Um espectáculo cheio de caminhos, que tanto passam pela aldeia e pela cidade, como pela montanha, pelas memórias de infância e pelos sonhos futuros. “Entre carvalhos, plátanos ou tílias, respirando os tempos da terra”, asseguram. Em cena às quintas e sextas, às 19h; sábados e domingos, às 11h, com bilhetes a 10€ e mediante reserva antecipada.

16 a 18 de Abril
Dos Deuses
Maiores de 6 anos

Leonor Barata vai ao Monte Olimpo para construir uma árvore genealógica dos deuses e contar a vida como ela era (e é nos tempos modernos): entre batalhas, com casamentos e paixões, mas também dramas e irritações. Um “dicionário vivo” que traduz “o incrível poder dos verdadeiros clássicos, histórias que nunca param de nos sussurrar ao ouvido e que acabam por nos construir, por nos mudar e por nos fazer crescer”, assim é apresentado. A dar corpo ao divino, além da autora, está Jorge Fraga. A peça está em cena na Sala Virtual do São Luiz (Lisboa), com sessões sexta às 17h, e sábado e domingo às 14h (disponíveis durante cinco horas). Os bilhetes custam 3€.

OFICINAS

17 de Abril
Natureza a Preto e Branco
Maiores de 6 anos

Com o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios a marcar o passo, o Museu de Lisboa propõe, entre outras actividades, uma oficina para famílias no Palácio Pimenta. Durante hora e meia, os participantes são convidados a passar a lupa por fotografias antigas, que retratam “a Lisboa dos finais do século XIX e dos princípios do século XX” a preto e branco, e a “colorir a natureza nelas escondida”. Um desafio para dar asas (e cores) à imaginação, sem esquecer que “onde havia hortas, há agora prédios e estradas; onde se colhiam uvas e morangos, deslizam agora skates e trotinetas”. Sábado, às 10h30, com reservas gratuitas em reservas@museudelisboa.pt.

18 de Abril
Bem-Vinda Primavera
Dos 4 aos 6 anos

Enquanto a música não volta aos palcos, o Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha leva os sons a casa. Nesta oficina, que decorre no dia 18, às 11h, via Zoom, dão-se as boas-vindas à nova estação com Sons e Movimentos de Primavera. A sessão é orientada por Raquel de Oliveira, que no dia 24 (às 11h e 16h) trará também a oficina de música para bebés Ventanias da Primavera: Ritmos, Danças e Melodias. A inscrição, gratuita, é feita em musicarte.inf@gmail.com

19 a 30 de Abril
Um Presente Especial para a Mãe
Do ensino pré-escolar ao 3.º ciclo

Uma visita acompanhada de oficina de artes plásticas, já de olhos postos na celebração do Dia da Mãe que se avizinha. O convite vem do Museu de Santa Maria de Lamas (Museu de Lamas para os amigos), que propõe um passeio pelas suas galerias para explorar a “temática e iconografia mariana” e inspirar os jovens artistas na feitura das oferendas. A actividade decorre de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h e das 14h30 às 16h30, e custa 3€, sujeita a marcação prévia (T. 227447468 ou geral@museudelamas.pt).

VISITAS

Em permanência
Jardim Zoológico de Lisboa

As cerca de 300 espécies de animais e plantas que habitam o Zoo de Lisboa voltam a receber os visitantes de braços abertos, depois de mais um período de portas encerradas por conta da pandemia. Uma “opção segura para desfrutar em família”, garantia do parque, que aproveita o tempo de desconfinar para convidar para uma viagem aos quatro cantos do mundo, recordando a miúdos e graúdos o compromisso na conservação das espécies e dos habitats. Para celebrar o momento, há descontos de 15% na compra de bilhetes com antecedência, no site do zoo. A campanha está em vigor até 30 de Abril, com preços que variam entre os 12,33€ (dos três aos 12 anos) e os 19,13€ (13 aos 64 anos). Os bilhetes serão válidos para entradas até 31 de Dezembro de 2021. O jardim está aberto todos os dias das 10h às 20h, excepto aos fins-de-semana e feriados, em que as portas abrem das 10h às 13h.

Em permanência
Museu das Marionetas do Porto

De portas reabertas, o museu dedica cada mês a uma temática, para renovar a experiência cultural do público a cada visita. Em Abril, mês da dança, há Dança no Museu, um programa para famílias que decorre nas manhãs de sábado e domingo, dias 17, 18, 24 e 25 de Abril, às 10h30, 11h30 e 12h30. À espera dos visitantes está também a exposição Marionetas Contemporâneas: Criações e Discursos, centrada na relação do museu com as produções teatrais, onde podem ser vistas peças e adereços de espectáculos da companhia (como Miséria ou Óscar). Aberto à quarta, das 14h às 18h, e ao fim-de-semana, das 10h às 13h, com bilhetes a 3,50€ (2,50€ para crianças).