Só 0,3% das empresas em layoff pediram formação profissional

Das 113 mil empresas com trabalhadores parados em 2020, apenas 310 requereram planos de formação. Sindicatos falam em oportunidade perdida. Patrões apontam falhas no modelo.

Foto
Paulo Pimenta (arquivo)

Das mais de 100 mil empresas que passaram pelo layoff simplificado, apenas 310 pediram planos de formação para os trabalhadores. Essa era uma opção complementar, que dava direito a um pequeno apoio financeiro para trabalhadores e para empresas, mas poucos o aproveitaram.