Os canais TVCine mudaram de nome e o TVSéries ficou pelo caminho

O único canal temático dedicado às séries da operadora Nos vê a sua programação integrada em dois dos canais de cinema que passam a ter nova identidade a partir desta terça-feira. Canais estarão em sinal aberto no próximo fim-de-semana.

,Biográfico
Foto
Rocketman é um dos filmes em destaque nos novos canais DR

A partir desta terça-feira, os canais premium TVCine aparecem aos espectadores com novos nomes e programação mais focada – dos singelos TVCine 1, 2, 3 e 4 passam a TVCine Top, TVCine Edition, TVCine Emotion e TVCine Action. Mas a maior diferença é mesmo uma subtracção: o canal TVSéries vai desaparecer, pondo fim ao único canal temático dedicado às séries da operadora Nos – que continuará a exibir este tipo de programação do seu serviço on demand Nos Play e nestes canais agora rebaptizados e reprogramados. Para se darem a conhecer, os canais vão estar em sinal aberto de 17 a 19 de Janeiro.

Esta operação diz respeito aos canais que são a primeira janela de exibição televisiva dos filmes mais recentes depois de saírem dos cinemas e de passarem pelos videoclubes dos operadores. A Nos anuncia que os quatro canais premium, disponíveis em todos os operadores (Nos, Meo, Vodafone e Nowo) passarão agora a estar nas aplicações desses operadores e por isso serão também móveis. Nos dias em que estarão abertos a todos os assinantes desses operadores terão filmes de 2019 como Rocketman, Hellboy ou Snu.

O TVCine Top substitui o antigo canal TVCine 1, que se dedicava à estreia de filmes recentes e que vai manter esse foco, nomeadamente nos blockbusters. O TVCine Edition vai dedicar-se ao “cinema do mundo e de autor, filmes de culto, documentários, curtas, clássicos e cinema português”, diz a Nos em comunicado, com o TVCine Emotion a dedicar-se à comédia, ao drama e à animação, entre outros temas. Por fim, o TVCine Action apresenta-se como “o canal das descargas de adrenalina” e terá espaço para o cinema de género, terror ou grande espectáculo. Será nos dois últimos que, nos serões de segunda a quinta-feira, estarão as séries que até aqui se encontravam num canal próprio – estreiam-se nos próximos dias novos episódios do franchise Chicago, e as séries Prodigal Son, Evil, Waco, Six e UnReal.

Estes dois espaços substituem assim um canal nascido em 2011 em pleno boom das séries — e já dois anos depois da entrada no mercado português dos canais Fox e AXN. Na altura, o TVSéries surgiu como um canal premium da Nos Lusomundo TV e teve o seu momento alto em 2015, quando se tornou também “Home of HBO”.  Esta marca significou que durante três anos o canal teve o exclusivo das estreias das novas séries, filmes e documentários do canal norte-americano e acesso ao seu catálogo recente. Esse acordo representou um refrescar de cerca de 60% da sua programação.

Nos últimos anos, no canal estrearam-se séries HBO que fizeram parte da actual revolução criativa televisiva como True Detective ou Barry, mas também de títulos de outros operadores dos EUA como a Showtime de Twin Peaks: O Regresso ou, antes da chegada da Netflix a Portugal, de House of Cards. Desde que em 2018 findou o acordo com a HBO e à medida que se multiplicaram as plataformas próprias da Nos (a primeira série de streaming vencedora de um Emmy, The Handmaid’s Tale, já se estreou no serviço Nos Play) e as suas concorrentes em streaming ocuparam espaço (Amazon, Netflix, HBO Portugal), a programação do canal estava em perda.

O canal TVSéries esteve disponível nos quatro grandes operadores — Nos, Meo, Vodafone e Nowo. Surgia em pacote com os quatro canais dedicados ao cinema, os TVCine e no caso da Nos, por exemplo, os cinco canais em conjunto estavam disponíveis por 10 euros. O custo da subscrição dos quatro canais rebaptizados mantém-se nos 10 euros.

Já em Junho de 2019 a Nos, que continua a ser o exibidor e distribuidor de cinema dominante em Portugal e que também é a operadora de televisão por subscrição com mais clientes no país, criou um novo canal de cinema, o Nos Studios, para ter uma oferta intermédia de filmes, numa janela de exibição intermédia e posterior à dos TVCine.

Sugerir correcção