Opinião

O PS quer combater a corrupção? Não me cheira

O PS profundo está já a movimentar-se e duvido muito que Van Dunem tenha força política para o enfrentar.

A notícia foi dada segunda-feira neste jornal: “Colaboração premiada, separação de megaprocessos, juízos especializados em corrupção, acordos de sentenças, magistrados que investigam a acompanhar os julgamentos. Estes são alguns pontos do caderno de encargos que a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, vai entregar ao grupo de trabalho criado, sob sua tutela, para definir uma ‘estratégia nacional, global e integrada de combate à corrupção’.” Da primeira à última linha, isto é música para os meus ouvidos.