Sistema informático da CP não resistiu a forte procura de bilhetes em saldo

Promoção da CP – Comboios de Portugal provocou colapso do sistema informático da transportadora. O sistema de vendas deixou de estar operacional na manhã de sexta-feira mas foi voltou a funcionar normalmente na madrugada de sábado.

Foto
Se vai viajar de comboio, deve ir cedo para a estação a fim de enfrentar as filas de espera ou tente comprar no Multibanco pcm patricia martins

Os portugueses não resistem a uma boa oferta de saldos. Ou então a CP – Comboios de Portugal não estava preparada para responder a tantos clientes tão subitamente. Bastou a empresa ter anunciado esta quinta-feira bilhetes de comboio entre Lisboa e Porto a cinco euros (a maior promoção de sempre da CP) para que, logo de manhã, o sistema tenha sucumbido à elevada procura de que foi alvo. A venda online foi entretanto restabelecida na madrugada de sábado e está a funcionar normalmente. 

“A forte afluência fez com que o sistema fosse abaixo e não há dúvida que foi devido à promoção”, disse a porta-voz da CP, Ana Portela, ao PÚBLICO. A responsável adiantou que as vendas estiveram a decorrer normalmente nas estações e através do Multibanco e que só o site da empresa é que ficou bloqueado. 

A CP anunciou ontem uma promoção, a vigorar entre 5 e 15 de Janeiro, que inclui descontos de 40% na compra antecipada de bilhetes para os comboios Alfa Pendular e Intercidades para todos os destinos e classes. Na segunda-feira, a CP anunciará o prolongamento do período de venda destes bilhetes.

Além disso, a empresa disponibiliza mil lugares por semana a 13,50 euros em cinco comboios entre Lisboa e Porto, bem como um conjunto de descontos que permitem viajar no Intercidades entre Santa Apolónia e S. Bento por cinco euros.

Há ainda viagens com preços aliciantes desde Lisboa para Coimbra (quatro euros), Aveiro (4,5 euros), Guimarães (5,5 euros), Braga (5,5 euros), Guarda (4,5 euros) e Covilhã (3,5 euros). O Alentejo ficou de fora da promoção, mas o Algarve está a 4,5 euros de Lisboa.

As viagens terão de ser efectuadas entre 14 de Janeiro e 14 de Março e os bilhetes promocionais não são reembolsáveis, embora possam ser revalidados para outra data.

Com as vendas online em baixo, esperava-se uma forte afluência às bilheteiras durante a tarde de sexta-feira, que já de si é elevada neste dia da semana. Se vai viajar de comboio, deve ir cedo para a estação a fim de enfrentar as filas de espera ou tente comprar no Multibanco.