Portugal tem número excessivo de advogados face a parceiros europeus

Atrasos da justiça administrativa portuguesa continuam a ser dos mais elevados da Europa. Reforma feita nos tribunais portugueses desperta atenção da Comissão Europeia para a Eficiência da Justiça.

Foto
Tribunal de Sines, um dos que reabriram em 2017 Enric Vives-Rubio

A reforma dos tribunais portugueses que teve lugar entre 2013 e 2017 despertou a atenção da Comissão Europeia para a Eficiência da Justiça.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários