PS aprova medidas da oposição mas sem impacto orçamental

Estudo sobre alojamento no ensino superior, semana laboral de quatro dias, bolsas de 12 horas/ano de língua gestual na escola, estudo do impacto da menstruação no trabalho e estudo sobre receitas fiscais para a Madeira e Açores são alguns exemplos.

Foto
Esta terça-feira deputados realizaram segundo dia de votações do orçamento na especialidade LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

Das raras propostas da oposição que o PS tem viabilizado, a regra que impera é não terem impacto orçamental directo. Isso mesmo foi apontado pela líder bloquista, Catarina Martins, que lamentou a estratégia socialista de chumbar todas as medidas que possam ter “impacto real e significativo” na vida das pessoas e de fazer de conta que “não existe inflação”.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários