Antiamericanismo, a doença infantil das democracias

É mais fácil manter a inocência e a pureza quando não se tem de lidar directamente com o inimigo e se delega nos outros essa tarefa.

1. Por que é que a Suécia e a Finlândia quiseram juntar-se à NATO, operando uma reviravolta completa na sua política externa e de defesa? Por uma razão simples. Porque serem membros da União Europeia não lhes dá as garantias de segurança que consideravam indispensáveis. A invasão russa da Ucrânia alterou tão radicalmente a arquitectura de segurança na Europa, estabelecida a partir da Guerra Fria, que Helsínquia e Estocolmo levaram dois meses a decidir pôr fim a décadas ou séculos de neutralidade. A Finlândia teve de aceitar o estatuto de neutralidade depois da II Guerra, por imposição de Moscovo. A Suécia era neutral há mais de 200 anos, o que lhe evitou participar nas duas guerras mundiais do século XX.

Sugerir correcção
Ler 155 comentários