Armand Arnal, o “activista do prazer” que sonha ser agricultor

O chef francês lidera a quinta e restaurante La Chassagnette, em Arles, um templo comandado pela natureza. A 25 e 26 de Maio fará dois jantares na Made in Situ, em Lisboa, dedicados à harmonia entre o design, o terroir e a comida: a Table des Matières.

Foto

A realidade constrói-se em diversas camadas, das naturais às que são fruto do acaso, passando pelas criadas pelo ser humano. Assim é, como não poderia deixar de ser, com a comida e o design. Um prato é mais do que um mero recipiente. Uma mesa não é apenas um suporte físico. Ou pelo menos não deve ser - que o diga o chef francês Armand Arnal, “bi” estrelado pela Michelin (um macaron e uma estrela verde) no seu La Chassagnette, em Arles, que nos próximos dias 25 e 26 de Maio vem a Lisboa para uma série de dois jantares na galeria lisboeta Made In Situ.

Sugerir correcção
Comentar