EUA pressionam Johnson a recuar na revisão unilateral do protocolo irlandês do “Brexit”

Delegação de congressistas norte-americanos está em Bruxelas e vai a Londres, Dublin e Belfast para discutir a situação na Irlanda do Norte com os principais líderes políticos. Pelosi alerta: não haverá acordo de livre comércio se o Governo britânico não respeitar os acordos de paz.

Foto
"Fronteira aduaneira" ao longo do mar da Irlanda é um dos focos de tensão provocados pelo "Brexit" PETER NICHOLLS/Reuters

Os planos anunciados na terça-feira pelo Governo britânico para alterar unilateralmente partes do acordo de saída da União Europeia relacionadas com o regime regulatório da Irlanda do Norte através de legislação interna não foram bem recebidos nos Estados Unidos, onde a comunidade de ascendência irlandesa tem uma representação significativa nos dois principais partidos – a começar pelo Presidente Joe Biden.

Sugerir correcção
Comentar