Viagem num comboio que há três anos não existia

Um bispo a descerrar uma placa numa locomotiva, a apresentação de um livro sobre as locomotivas 2600 e uma viagem no Minho num comboio que ressuscitou das cinzas, eis um programa delirante para 300 entusiastas dos caminhos-de-ferro.

Foto
Paulo Pimenta

Expectativa, entusiasmo, alegria, excitação. Eis as sensações de uma pequena multidão de 300 pessoas que, no final de Novembro, na estação de Contumil (Porto), rodeia e fotografa um comboio invulgar no qual vão passar a tarde numa viagem de ida e volta até Valença.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários