Um Oven na Baixa de Lisboa: sabores da Índia e do Nepal em pratos que parecem pinturas

Um jovem chef nepalês abriu na Baixa de Lisboa um restaurante que tem no centro um tandoor feito à medida e uma cozinha aberta para a sala. Com cocktails e elaboradas sobremesas, assume a fusão entre Índia e Ocidente e a ambição de “fazer melhor todos os dias”.

Foto
O chef do Oven, o nepalês Hari Chapagain, 29 anos dr

Hari Chapagain dificilmente poderia chamar outra coisa ao seu restaurante: Oven era o nome certo para um espaço no qual o forno de cobre e barro ocupa lugar de destaque e tem um papel fundamental na confecção de diversos pratos. “Foi feito à mão e à medida para aqui”, diz, orgulhoso, enquanto pede a um dos elementos da sua equipa para demonstrar como se cozinha o pão naan nas paredes do tandoor, que, após serem devidamente aquecidas, atingem temperaturas de 400 graus. Cerca de um minuto depois, o pão já criou algumas bolhas e começa a soltar-se. Está pronto.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários