Carmen Garcia: “Gosto de acreditar que ajudei a que mais mulheres falassem das coisas como elas são”

Aos 35 anos, a enfermeira Carmen Garcia é das portuguesas mais lidas nas redes sociais. Ajudou a desmistificar a maternidade, tornando-a menos “cor-de-rosa” e mais real. É candidata independente às autárquicas.

Foto
Carmen Garcia escreve no PÚBLICO desde Fevereiro de 2020 Ricardo Lopes

A ideia de uma entrevista de vida aos 35 anos faz Carmen Garcia rir. Não é disso que se trata, mas de conhecer melhor a mulher que está por detrás do fenómeno Mãe Imperfeita — uma página na Internet com quatro anos, que no Facebook tem 119 mil seguidores; no Instagram 50 mil; e no blogue uma média de três mil visitas por dia —, no Twitter não escreve sobre maternidade, mas é a Enfermeira Imperfeita, tem dez mil seguidores.