“IVAucher” vai ser alargado às lojas de discos e editoras de livros

Compras nos últimos dois meses e meio contam para o voucher se os consumidores tiverem pedido factura com número de contribuinte.

Foto
Quando o “IVAucher” foi lançado, os donos das lojas de discos sentiram-se excluídos, mas não ficaram surpreendidos Nuno Ferreira Santos

As compras nas lojas de discos e nas editoras de livros vão contar para o “IVAucher”. O Governo decidiu acrescentar dois novos códigos à lista das actividades económicas abrangidas pelo programa de incentivo ao consumo e, como o alargamento surge a meio do percurso, a alteração terá efeitos retroactivos para que os clientes que pediram factura com número de contribuinte possam usufruir do IVA aí suportado.