O outro lado da escola

Bem mais que com a chamada Carta Portuguesa, é na escola que se combate a desinformação e a armadilha das redes sociais.

Como é que o jornal pode ser lido nas escolas e qual a utilidade dessa leitura para os alunos, os professores e a sociedade em geral? A questão levanta fundamentalmente um problema: se a informação é um bem público e um dos mais importantes elementos para a constituição de uma opinião pública forte, a quem compete criar as condições para que ela chegue à escola?