Novas orientações curriculares para a Matemática do ensino básico

Quantos alunos preenchem páginas com resoluções de exercícios rotineiros aos quais nunca reconhecem um valor prático a não ser preparar-se para os testes? Ser capaz de usar a matemática para conhecer, compreender e criar novas soluções em situações problemáticas contribui também para melhorar a relação de todos os alunos com a matemática.

Muito se tem falado das rápidas transformações que a sociedade atual tem enfrentado, em grande parte impulsionadas pelos desenvolvimentos tecnológicos que vieram produzir alterações diversas na forma como vivemos. Atualmente, a única certeza é a incerteza. Andreas Schleicher, diretor para a Educação e Competências da OCDE, alerta para que as crianças que hoje frequentam o 1.º ciclo vão ter empregos ainda não criados, usar tecnologia ainda não inventada e resolver problemas sociais ainda não antecipados.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários