Bloco vai clarificar lei sobre regime de exclusividade dos deputados

Partido é contra a possibilidade de deputados acumularem subsídio de exclusividade com função de sócio-gerente não remunerado em empresas.

Foto
Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do BE LUSA/TIAGO PETINGA

“Estupefacto” com a possibilidade de os deputados poderem acumular o subsídio de exclusividade (que lhes confere um aumento de 10% do salário) com funções não remuneradas de gerentes ou sócios-gerentes em empresas ou outras entidades, como o PÚBLICO noticiou na passada semana, o Bloco de Esquerda vai propor uma clarificação à lei do Estatuto Remuneratório dos Titulares de Cargos Políticos.