Ideias para relaxar em família: com a Páscoa a espreitar, há música, teatro, receitas e oficinas

Sugestões para entreter e animar os miúdos nos próximos dias.

Foto
Palco para Toda a Obra, uma oficina de Ángela Diaz Quintela DR

OFICINAS

29 de Março a 4 de Abril
Palco para Toda a Obra
Dos 8 aos 12 anos

A bailarina Ángela Diaz Quintela é a anfitriã nestas oficinas do programa Foco Famílias, promovido pelo Teatro Municipal do Porto. A ideia é pegar num trabalho artístico, visitá-lo e descobri-lo noutras perspectivas. O primeiro é L'Écho des Creux [Eco Oco], de Renaud Herbin, e convida a Viagens Vivas; o segundo, as Famílias Imaginárias de Joana Providência, aponta para o Estar em Personagem. Nas mesmas datas, e numa parceria do teatro com a Tcharan Editora e a Papa-Livros, há Histórias para Ouvir… Até à Hora de Dormir, por onde passam as leituras de O Mistério da Meia Desaparecida de Vitória Alves, O Toiro Azul de Manuela Costa Ribeiro e Era Uma Vez Um Cão de Adélia Carvalho. Tudo grátis, com transmissão online no site do teatro.

27 de Março a 1 de Abril
Páscoa no Teatro Online
Dos 10 aos 13 anos

“Dar asas à imaginação dos mais novos, aliando o seu poder criativo ao mundo e às emoções.” É com esta premissa que Marta Freitas, da companhia Mundo Razoável, põe em cena uma oficina que, além de estimular a sensibilidade teatral dos jovens, é também uma forma de celebrar a quadra no Centro Educativo do Teatro Nacional de São João, Porto. As sessões decorrem no Zoom, todos os dias (excepto domingo), entre as 9h e as 13h. A inscrição custa 20€ e é feita aqui

27 de Março a 10 de Abril
Casa com Ideias Fixas
Dos 6 aos 15 anos

A convite da Garagem Sul do Centro Cultural de Belém, Lisboa, o colectivo Os Espacialistas põe a arquitectura em jogo numa actividade para “pensar, experimentar e brincar com os espaços”, a partir da casa de cada um. Os protagonistas são os sólidos geométricos, que além da matéria de que são feitos ocupam o espaço com causas e afectos. As sessões decorrem na plataforma Zoom, sábados às 11h, e a participação requer uma lista de material à mão: folhas de papel em formato A4 para imprimir, lápis, tesoura, x-acto, cola, régua e lápis/canetas para colorir. A entrada custa 6€.

30 e 31 de Março
Oficinas em Casa
Dos 6 aos 12 anos

A partir da sua própria história, o Theatro Circo de Braga convida os mais novos a participar em projectos criativos que agora, por força das circunstâncias, decorrem online. Na semana que antecede a Páscoa, as propostas passam pela construção de Carimbos Artesanais, inspirados nas letras e detalhes do teatro (dia 30, às 15h) e de máscaras tridimensionais na oficina Uma Personagem, Uma Máscara (dia 31, à mesma hora). A participação é gratuita mas sujeita a inscrição aqui

MÚSICA

24 de Março a 23 de Abril
As Lições de Christopher
Bochmann
O maestro titular da Orquestra Sinfónica Juvenil dá lições de música a quem quiser escutar, de estudantes a profissionais da área, de miúdos a graúdos. Com transmissão em directo no Facebook da orquestra, as aulas abordarão as componentes do ritmo, da dinâmica, da harmonia, da afinação e da interpretação. A primeira série decorre todas as segundas, quartas e sextas-feiras, até 23 de Abril, sempre às 18h45. Grátis.

28 de Março
Histórias da Formiga Rabiga - A Inspiração de Debussy

Músicos e formações da Orquestra Metropolitana de Lisboa dão corda ao ciclo de concertos para famílias com música inspirada em fábulas. Desta vez à distância, a partir do Facebook da Metropolitana, os solistas lançam-se à Petite Suite de Claude Debussy. Gravado no Teatro Thalia, Lisboa, o concerto conta com a narração de Susana Henriques. Domingo, às 11h, com entrada gratuita.

28 de Março
Naturlaut – O Pássaro e o Fogo

Um conto tradicional do Equador ilustrado com notas da Sinfonia N.º 1 de Gustav Mahler. É com a melodia de uma natureza primaveril que se conta a história de um pequeno pássaro, corajoso e fonte de inspiração não só para os animais que com ele habitam a floresta mas também, garantem, “para todos nós”. Um Concerto para Famílias da autoria de Duncan Fox, interpretado por um ensemble da Orquestra Sinfónica Portuguesa e narrado por Joana Veiga. É transmitido gratuitamente no YouTube do Teatro Nacional de São Carlos, domingo, às 16h.

TEATRO

27 de Março
Palhaço Verde
Maiores de 3 anos

No Dia Mundial do Teatro, o Teatro do Noroeste dá palco à sua 145.ª criação, inspirada no texto de Matilde Rosa Araújo e encenada por Graeme Pulleyn. Palhaço Verde conta a história de um menino que vivia sozinho, com “olhos que brilhavam como estrelas e no peito um coração de oiro”, cujo sonho era fazer rir todos os meninos porque “no mundo todos deviam ser bons, alegres e bem-dispostos”. O encontro está marcado para as 16h, na sala digital do Teatro Municipal Sá de Miranda, Viana do Castelo, e é antecedido pela leitura da Mensagem do Dia Mundial do Teatro, este ano assinada pela actriz britânica Helen Mirren. A entrada é livre.

27 e 28 de Março, 3 e 4 de Abril
Azul Vermelho Azul Manteiga
Maiores de 6 anos

Naquela que é a sua estreia nas criações para o público infantil, a companhia Cão Solteiro apresenta um espectáculo assente na natureza das cores. A partir das obras de Michel Pastoureau, Josef Albers e Ludwig Wittgenstein, explora o que está por detrás das cores que, refere a nota de apresentação, “têm sentimentos, têm amigos e inimigos, ensinam códigos que seguimos sem pensar, influenciam profundamente o ambiente, os comportamentos, a linguagem e a imaginação”. Com música de Filipe Sambado, Azul Vermelho Azul Manteiga sobe a três palcos diferentes, todos online: dias 27 e 28 de Março, das 10h30 às 18h30, está no LU.CA - Teatro Luís de Camões, Lisboa, e n’A Oficina, Guimarães; a 3 e 4 de Abril chega ao Teatro Municipal do Porto. O acesso é gratuito mas requer inscrição nos sites respectivos.

CONCURSO

19 de Março a 3 de Maio
As Receitas da Minha Família

Um concurso que põe à prova os dotes culinários das famílias. O desafio foi lançado pela Junta de Freguesia de Benfica, em Lisboa, que lança o repto à prata do bairro: “Se na sua família existe um chef e uma receita que bate qualquer concorrência, está na hora de se afirmar e dar a conhecer ao mundo esse tesouro que guarda há gerações!” Das receitas da avó aos bolos que saem sempre bem, convidam-se os “vizinhos” a partilhar os segredos culinários da família. A primeira edição é dedicada aos doces caseiros. Para participar, basta juntar duas gerações da mesma família na cozinha e gravar um vídeo a confeccionar o doce (que será depois recolhido e provado por um júri). À espera de cada um dos três vencedores, está um voucher para um jantar em família num restaurante do bairro, no valor de 75€. As inscrições, gratuitas e até 15 de Abril, são feitas aqui. Mais informações no site e no Facebook da junta.