A responsabilidade da esquerda no evitar do abismo

É hora de falar da minha própria família política, a esquerda, dos erros das suas lideranças políticas e das suas responsabilidades no evitar do abismo.

No passado dia 10 de fevereiro, há quase um ano portanto, escrevi aqui que “as próximas eleições presidenciais são um paradoxo: ao mesmo tempo parecem já decididas e escondem perigos importantes”.