Torne-se perito Perguntas e Respostas

Devemos correr acompanhados? E jogar futebol com amigos? Um guia para o desporto em tempos de pandemia

Com o início do período de desconfinamento, os portugueses puderam voltar a praticar desporto de forma individual e ao ar livre. Ainda assim, há ainda comportamentos a evitar (e outros a manter) para que o país possa transitar para a segunda fase do plano de regresso à normalidade daqui menos de uma semana.

Foto
Desde 4 de Maio que os portugueses podem praticar exercício físico no exterior Paulo Pimenta

O 4 de Maio marcou o início do desconfinamento para muito portugueses, não só pela reabertura do pequeno comércio, mas também porque foi a data escolhida para o aligeiramento de outras medidas que estavam em vigor. Segundo o plano apresentado pelo Governo, foi também neste dia que os cidadãos puderam voltar a praticar desporto de forma individual e ao ar livre, ao contrário do que acontecia enquanto vigoraram os três períodos do estado de emergência.

Sabemos, como já avisaram membros do Governo e das autoridades de saúde em diversas ocasiões, que a continuação do plano de desconfinamento estará sempre dependente da evolução da pandemia e que há cuidados e comportamentos que podemos e devemos continuar a ter para que o país não assista a um aumento exponencial de casos de infecção por covid-19. Quais são, nesta altura, os conselhos das autoridades de saúde para a realização de actividades físicas ao ar livre?

Devemos utilizar máscara durante a actividade física? 

Rute Santos, directora-adjunta do Programa Nacional para a Promoção da Actividade Física (PNPAF) da Direcção-Geral da Saúde (DGS), explica ao PÚBLICO que não é necessário utilizar máscara na prática de exercício físico, quer seja dentro ou fora de casa, se a distância social for sempre mantida. “A Direcção-Geral da Saúde não está, para já, a pedir isso às pessoas, só mesmo em espaços fechados que não sejam a nossa habitação”, refere a também investigadora coordenadora no Centro de Investigação em Actividade Física, Saúde e Lazer da Universidade do Porto.

Com o início do desconfinamento, a utilização de máscaras de protecção individual passou a ser obrigatória nos espaços públicos fechados com várias pessoas, como nas idas ao supermercado, lojas ou farmácias e também nos transportes públicos.

Devemos correr/caminhar acompanhados?

Na opinião da especialista, os cidadãos podem ir correr ou caminhar com alguém que resida ou não resida na mesma habitação se a distância “de segurança” for sempre mantida e se não existir a partilha de objectos como garrafas de água, por exemplo. “Podemos correr lado a lado, mas sempre com o devido distanciamento”, explica.

Que distância manter durante a corrida?

De acordo com Rute Santos, durante a corrida ou a prática de desportos que impliquem um ritmo respiratório mais elevado — algo que também pode significar uma maior libertação de gotículas respiratórias — é importante manter uma distância de mais de dois metros em relação a outras pessoas.

“O distanciamento deve ser sempre o maior possível e por isso é que não se deve ir correr para sítios onde esteja muita gente, e o mesmo acontece com as caminhadas. Não devemos correr perto de ninguém, no mínimo dos mínimos devemos respeitar os dois metros de distância, mas quanto mais afastados melhor”, refere a directora-adjunta do PNPAF.

Devemos jogar futebol com amigos? 

Apesar de no plano de desconfinamento do Governo só constar que estão proibidos os ajuntamentos com mais de dez pessoas — o que significa que qualquer evento com menos gente pode ser realizado desde que sejam cumpridas as devidas medidas de higiene e distanciamento social — Rute Santos crê que ainda não é a altura de recomeçar a praticar desportos entre amigos, não só porque estas actividades implicam que se quebrem as regras de distanciamento social, mas também porque implicam, muitas vezes, a partilha de objectos.

“Acho que não é aconselhável para já fazer jogos com os amigos. Como pode existir contágio sem que a pessoa apresente sintomas, não são recomendados os desportos de equipa porque implicam proximidade e invasão do espaço do outro, mesmo ao ar livre” avança a especialista, sublinhando que estas actividades não devem ser realizadas mesmo com a utilização de máscara porque continua a haver contacto com as mãos, com a pele e com a transpiração dos outros.

Apesar de o regresso da I Liga portuguesa de futebol estar marcado para 4 de Junho, Rute Santos explica que esse é um caso excepcional já que os atletas são “altamente acompanhados e monitorizados pelas equipas médicas dos clubes” e vão realizar vários testes à covid-19 durante a semana e antes de todos jogos.

Devemos frequentar ginásios e piscinas públicas?

Os ginásios e outros espaços equiparados, bem como as piscinas, continuam encerrados e não têm, para já, data para reabrir. Rute Santos relembra que estes locais precisam de regras apertadas, não só devido à questão dos balneários, mas também porque existe partilha de espaço e de equipamentos. A especialista avança ao PÚBLICO que, juntamente com a DGS, estão a ser discutidas as regras de funcionamento e de boas práticas para ginásios e piscinas públicas no sentido de estabelecer algumas regras de conduta, segurança e de higiene.

Que cuidados ter no caso dos desportos aquáticos?

O acesso às praias e ao mar passou a ser possível também a 4 de Maio para a prática de desportos náuticos, como o surf ou o bodyboard. “Desde que se mantenha o distanciamento social, mesmo dentro de água, à partida a prática destes desportos não oferece grandes perigos de contágio, segundo o que sabemos até à data”, diz Rute Santos.

E que cuidados devemos ter no regresso a casa?

Ainda segundo a especialista, não existem regras específicas a que devemos obedecer quando regressamos a casa depois da prática de exercício físico no exterior. Nestas situações, aplicam-se as regras que todos devem cumprir depois de uma ida ao supermercado, a uma loja ou à farmácia, ou no regresso a casa depois do trabalho. “Ao chegarmos a casa devemos tirar a roupa que temos, descalçar os sapatos e lavar as mãos. Estes devem ser logo os primeiros passos. No caso do desporto, tomar logo banho também é aconselhado porque estaremos transpirados”, remata Rute Santos.

Devemos desinfectar os objectos utilizados?

Sobre esta questão, Rute Santos afirma que o melhor é que os objectos utilizados durante a prática do exercício físico no exterior — bolas, pesos, cordas ou a bicicleta — sejam limpos e desinfectados no regresso a casa, uma vez que podem ter estado em contacto com diversas superfícies.

Portugal esteve 45 dias em estado de emergência, entre 19 de Março e 2 de Maio, para fazer face à covid-19, estando desde 3 de Maio em situação de calamidade.