Coronavírus: Luís Onofre está a produzir máscaras

As 500 máscaras produzidas por dia serão doadas a várias instituições do concelho de Oliveira de Azeméis e arredores.

Foto
A partir da próxima, a produção deverá alcançar as 800 máscaras por dia DR

O designer português Luís Onofre juntou-se à luta contra a pandemia covid-19 e está a produzir máscaras de protecção individual. As 500 máscaras produzidas por dia serão doadas a várias instituições do concelho de Oliveira de Azeméis e arredores.

Com o apoio do Centro Tecnológico do Calçado de Portugal, a fábrica do Luís Onofre em Oliveira de Azeméis está a produzir cerca de 500 máscaras diárias. Ao longo da próxima semana, a equipa espera alcançar uma média de 800 unidades por dia.

As máscaras estão a ser distribuídas nos arredores de Oliveira de Azeméis. Para já, os hospitais de Santa Maria da Feira e de Famalicão, o Centro Dial, o Lar Geribranca, o Lar Pinheiro da Bemposta, o Lar Pró Outeiro e a Cruz Vermelha são algumas das instituições apoiadas.

Foto
As máscaras são distribuídas nos arredores de Oliveira de Azeméis DR

A zona do norte do país tem sido a mais afectado pela pandemia. Até esta sexta-feira foram registadas 76 mortes em pacientes com o novo coronavírus e 4268 casos confirmados de infecção em Portugal.

Por todo o país, as empresas do sector têxtil têm vindo a mobilizar-se para arranjar soluções inovadoras — e acessíveis — para suprir as carências que os técnicos de saúde enfrentam no combate à pandemia. A Polopique, a Calvelex, a Lameirinho, a Riopele e a Paulo Oliveira, por exemplo, uniram esforços para a produção de batas hospitalares.

As acções dos grandes grupos internacionais em apoio ao combate à covid-19 têm vindo a multiplicar-se. Em Itália, a Edizione, grupo que detém a marca de moda Benetton, disponibilizou três milhões de euros como forma de apoio e a Calzedonia está a produzir dez mil máscaras por dia. Já em França, a LVMH começou a produzir e a distribuir gratuitamente álcool em gel. O grupo H&M está também a produzir equipamento de protecção individual para distribuir gratuitamente por hospitais de todo o mundo. Em Espanha, a marca de roupa Mango vai doar dois milhões de máscaras aos hospitais de Espanha para ajudar no combate à pandemia de covid-19.