Netanyahu e Gantz em Washington para conhecer o “negócio do século”

Netanyahu teve “duas palavras para Trump: muito obrigado”. Palestinianos recusam iniciativa diplomática norte-americana.

Foto
KEVIN LAMARQUE/Reuters

É uma estreia: um primeiro-ministro israelita vai a Washington ouvir do Presidente dos EUA, Donald Trump, um plano de paz que ninguém sabe o que implica. Outra estreia: em vésperas de eleições em Israel, o candidato que concorre contra o primeiro-ministro também vai encontrar-se com o Presidente americano. E outra ainda: o plano não vai ser apresentado aos palestinianos, que não foram convidados.