A origem judaica das alheiras está escondida nos gestos de quem as faz

A investigadora francesa Mouette Barboff, autora de vários livros sobre o pão, acompanhou a matança do porco e o fabrico das alheiras em Trás-os-Montes e ficou convencida de uma coisa: este enchido português, já chamado “a chouricinha da resistência”, tem realmente origens judaicas.

,Linguiça
Foto
Daniel Rocha

Já todos ouvimos a história de como a alheira transmontana terá sido uma invenção dos judeus, ou melhor, dos cristãos-novos, que arranjaram esta forma criativa de iludir a Inquisição, parecendo que estavam a comer carne de porco, quando, na verdade, se tratava de um enchido à base de pão.