Demora até que Coração Mais Que Perfeito se liberte das fragilidades de um primeiro romance.

  • Demora até que Coração Mais Que Perfeito se liberte das fragilidades de um primeiro romance.

  • Livraria que existe desde 1840 e é a segunda mais antiga de Lisboa tem agora um bar e uma nova sala dedicada aos livros raros e antigos.

  • Autora britânica forjou registos na paróquia de que o pai era responsável ainda durante a adolescência. Em 2017 passam 200 anos sobre a sua morte.

  • O escritor é o autor de Morte em Jericó e de Desaparecida no Bosque, publicados nos anos 90 pela Gradiva.

  • A política como a arte do conflito, contra todas as ilusões do consenso, que se tornou um agente da pós-democracia: este é um dos pontos de partida do pensamento político de Chantal Mouffe.

  • Uma suíte de contos sobre “a mais romântica de todas as artes”.

  • Os contos do mais recente vencedor do Prémio Camões, Raduan Nassar, acrescentados nesta edição de três textos inéditos.

  • Meio ano após a morte de André Jorge, fundador da Cotovia, Fernanda Mira Barros quer relançar a editora, mantendo a qualidade do catálogo, mas apostando mais na comunicação.

  • O autor de In a Green Light e Omeros tinha 87 anos e morreu na sua casa em Santa Lúcia, nas Caraíbas. Para ele, um descendente de escravos que era um dos maiores poetas em língua inglesa, a poesia não tinha raça nem género.