Instagram

“Pela matilha”, os cães voltaram às urnas no Reino Unido

Um dachshund à porta das urnas. Dylan Martinez/Reuters
Fotogaleria
Um dachshund à porta das urnas. Dylan Martinez/Reuters

É já um clássico de qualquer eleição no Reino Unido. Enquanto os tutores decidem nas urnas, os cães esperam pacientemente (ou não) à porta das mesas de voto. Nas legislativas antecipadas de 12 de Dezembro, "as mais importantes de uma geração", como foram apelidadas tanto pelos trabalhistas como pelos conservadores, "ficou claro que o 'Brexit' é a decisão irrefutável, irresistível e incontestável dos britânicos", afirmou o primeiro-ministro reeleito Boris Johnson. Se os cães concordam com a escolha dos donos?

"Maco não votou por mais biscoitos para ele. Maco votou por mais biscoitos para os cães que não são tão sortudos como ele", escreveu no Twitter Richard Gaywood, ao publicar uma foto do seu galgo, antigo cão de corrida resgatado. A hashtag #DogsAtPollingStations reúne quase 40 mil publicações só no Instagram e terá começado a tornar-se popular depois do referendo do “Brexit” em 2016. Desde aí, o Reino Unido foi a votos nas legislativas de 2017, nas europeias e nas eleições antecipadas que deram uma vitória histórica aos conservadores — e os cidadãos de quatro patas também vieram cumprir o seu dever cívico. "A Nia a sentir-se um pouco aborrecida à porta das suas terceiras legislativas... e ainda nem fez cinco anos!", brinca uma mulher britânica, no Instagram. 

Várias capas de jornais britânicos desta sexta-feira, 13 de Dezembro, são protagonizadas pelo momento em que, à saída das urnas, Johnson pega no cão Dilyn e lhe dá um beijo, antes de o pousar. Uma das publicações no Twitter oficial de Jeremy Corbyn também mostra um cão a ser erguido em frente a um cartaz do partido trabalhista.

O partido de Boris Johnson elegeu 364 deputados, contra apenas 203 do Partido Trabalhista, alcançando uma maioria de 78 lugares na Câmara dos Comuns quando falta apurar um assento parlamentar. Segue a cobertura das eleições no Reino Unido aqui

Um bulldog francês à espera (em pânico), em Londres.
Um bulldog francês à espera (em pânico), em Londres. Niklas Halle’n/AFP via Getty Images
O <i>Pablo</i> preocupa-se com proteger o Planeta para os cachorros do futuro, com uma distribuição de doces por todos e com não dizer adeus aos seus amigos europeus.
O Pablo preocupa-se com proteger o Planeta para os cachorros do futuro, com uma distribuição de doces por todos e com não dizer adeus aos seus amigos europeus. @heyimmichaela
<i>Nia</i> a sentir-se um pouco aborrecida à porta das suas terceiras legislativas... e ainda nem fez cinco anos!
Nia a sentir-se um pouco aborrecida à porta das suas terceiras legislativas... e ainda nem fez cinco anos! @hazelandgary1
O primeiro voto do <i>Buster</i>. Ele não pode votar porque é muito novo, mas ele queria um governo trabalhista que se preocupasse com todos.
O primeiro voto do Buster. Ele não pode votar porque é muito novo, mas ele queria um governo trabalhista que se preocupasse com todos. @B_D_86
@lakelanddogwalker
"Os humanos levaram-me a votar. Não tenho a certeza do que isto significa, mas eles disseram que era bom."
"Os humanos levaram-me a votar. Não tenho a certeza do que isto significa, mas eles disseram que era bom." @fasteddieblue
"Buzz para primeiro-ministro!!"
"Buzz para primeiro-ministro!!" @buzzminidachshund
"Não me culpem a mim, eu votei JC..."
"Não me culpem a mim, eu votei JC..." @jellybeanthelittleween
@tombennett83
"Esqueçam a política, esta é a principal razão para vir ao Twitter hoje"
"Esqueçam a política, esta é a principal razão para vir ao Twitter hoje" @Smitch2015
"<i>Maco</i> não votou por mais guloseimas para ele. <i>Maco</i> votou por mais guloseimas para os cães que não são tão sortudos como ele."
"Maco não votou por mais guloseimas para ele. Maco votou por mais guloseimas para os cães que não são tão sortudos como ele." @PenLlawen
"Cá vamos nós outra vez."
"Cá vamos nós outra vez." @RonDog71894647
Um par de <i>bedlington terriers</i> em Brighton.
Um par de bedlington terriers em Brighton. Paul Childs/Reuters
A trocar opiniões á porta das urnas, em Londres
A trocar opiniões á porta das urnas, em Londres Matthew Chattle/REX/Shutterstock
"Primeiros resultados bastante assustadores, não acham?"
"Primeiros resultados bastante assustadores, não acham?" @pawesomestow
"Sim, a escolha do casaco refletem a visão política do <i>Stevie</i>"
"Sim, a escolha do casaco refletem a visão política do Stevie" @bridget.benson
A publicação no Twitter dos Conservadores
A publicação no Twitter dos Conservadores @Conservatives
A publicação no Twitter de Jeremy Corbyn
A publicação no Twitter de Jeremy Corbyn @jeremycorbyn
@peteway
Pode estar a chover mas a <i>Millie</i> está orgulhosa por ser ouvida.
Pode estar a chover mas a Millie está orgulhosa por ser ouvida. @Sewingloon
@wiltscouncil
Sugerir correcção