Juiz Rui Rangel justificou ganhos fora da magistratura com direitos de autor de programa de TV

Declarações do juiz foram feitas perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que avançou com expulsão do magistrado por haver risco de as infracções disciplinares prescreverem. Rangel vai ficar sem remuneração.

,Juiz
Foto
O juiz Rui Rangel foi expulso da magistratura esta terça-feira no âmbito de um processo disciplinar Enric Vives-Rubio

O juiz Rui Rangel, que foi expulso da magistratura esta terça-feira no âmbito de um processo disciplinar, justificou várias verbas obtidas fora da magistratura e documentadas no processo como sendo direitos de autor da criação de um programa de televisão, transmitido durante mais de dois anos pela RTP, que tinha o juiz como comentador residente. O PÚBLICO apurou que o argumento foi apresentado pelo juiz no início de Outubro, quando Rangel foi ouvido pelos membros do plenário do Conselho Superior da Magistratura (CSM), mas não convenceu os conselheiros.