Há menos uma estrela Michelin. Restaurante São Gabriel encerra

O chef Leonel Pereira partilhou esta manhã um texto, na sua página de Facebook, onde avança o encerramento do seu restaurante na Quinta do Lago. O motivo é a venda da propriedade.

Leonel Pereira estava à frente da cozinha do São Gabriel há sete anos.
Foto
Leonel Pereira estava à frente da cozinha do São Gabriel há sete anos Margarida Basto

O restaurante São Gabriel no Algarve, com uma estrela Michelin, encerrou. A notícia foi avançada na manhã desta sexta-feira pelo chef Leonel Pereira, na sua página de Facebook.

Passaram apenas dois dias da gala das Estrelas Michelin, que reforçou a estrela que o São Gabriel tem há 26 anos, seis deles consecutivos sob a liderança de Leonel Pereira. Agora, o restaurante encerra por ter sido vendido a um novo investidor. O edifício vai tornar-se um restaurante asiático, “sem ambição de estrelas”, avançou o chef no texto publicado esta manhã.

Leonoel Pereira e o sócio Delfim João agradeceram aos “clientes que incansavelmente” os seguiram durante os 30 anos de existência como fine-dining. O actual conceito São Gabriel fica, para já, suspenso mas com a promessa de novidades “antes do próximo Verão”, adiantou o chef na publicação nas redes sociais.

Ao Expresso, o chef confirmou que já deu conta aos responsáveis do Guia Michelin deste encerramento. O restaurante Thai Garden, o tailandês do São Gabriel, vai manter-se aberto, contudo perde a liderança de Leonel Pereira. Para já, o chef mantém-se no Thai Brás no Mar Shopping Algarve.

“Quanto a nós, iremos abrir o já apresentado “Check-in Faro” em finais de Janeiro”, anuncia Leonel Pereira no texto desta manhã. Segundo avançou o Expresso no mês passado, o restaurante terá apenas 26 lugares e resulta de um conceito mais informal que o São Gabriel. A ementa será constituída por um menu de degustação e um serviço à carta com alguns dos clássicos do chef, como o Bacalhau (meia cura) confitado, Xerém negro e cremoso leve de alho (14 euros) ou os Secretos de porco preto com gambas e pickles ‘Tipo Portuguesa’ (13,50 euros).