Perfil

João Cotrim de Figueiredo: do mundo empresarial para a Iniciativa Liberal

Gestor e empresário, João Cotrim de Figueiredo foi presidente do conselho directivo do Turismo de Portugal entre 2013 e 2016. Entra agora na política como cabeça-de-lista da Iniciativa Liberal por Lisboa e poderá ser eleito deputado no próximo domingo.

,Iniciativa liberal
Foto
João Cotrim Figueiredo (Iniciativa Liberal) DR

Em Junho de 1976, João Cotrim de Figueiredo andava pelas ruas de Lisboa a vender cabides porta a porta. Eram da marca Manequim, fundada pelo bisavô João Pinto Figueiredo, que passou de geração em geração até ao seu pai. Hoje, João Cotrim de Figueiredo tem 58 anos, é gestor e empresário e cabeça de lista da Iniciativa Liberal por Lisboa.

Depois de estudar na Escola Alemã de Lisboa, Cotrim de Figueiredo formou-se em Economia na London School of Economics. Em Londres teve alguns trabalhos, como servir cocktails na Serpentine Gallery, de arte contemporânea. Em Inglaterra comia muitas couves-de-bruxelas porque eram baratas e davam para cozinhar de muitas maneiras, contou em entrevista à revista Sábado em 2015.

De regresso a Lisboa, tirou um MBA em Administração, Negócios e Marketing na Universidade Nova de Lisboa. Liderou a Compal entre 2000 e 2006 e a Nutricafés de 2003 a 2006. Seguiu-se a Privado Holding, dona do BPP, e a direcção-geral da TVI de 2010 a 2011. Na área do turismo, Cotrim de Figueiredo foi presidente do conselho directivo do Turismo de Portugal entre 2013 e 2016 e, em 2015, foi eleito vice-presidente da European Travel Commission. Também desempenhou funções de administrador na Jason Associates e na Faber Ventures.

No Alentejo encontra um refúgio, onde também tem um alojamento local, no Redondo. Além disso, é adepto do Benfica, gosta de correr de manhã por Lisboa, andar de mota ou ouvir rock progressivo. João Cotrim de Figueiredo entra agora pela primeira vez no mundo da política. Diz que esta candidatura é uma “surpresa” até para si próprio, mas teve motivos para aceitar o convite. “Já não consigo ficar sentado enquanto o país marca passo e não dá à geração dos meus filhos metade das oportunidades que a minha geração teve”, escreveu no seu Facebook. Tem quatro filhos e defende que os portugueses “precisam de um Portugal mais liberal”.

Liberdade é uma das palavras mais utilizadas por João Cotrim de Figueiredo. “Portugal nunca foi verdadeiramente liberal, nunca colocou a confiança na capacidade e maturidade dos portugueses no centro da política. Nunca promoveu a liberdade individual, com a correspondente responsabilidade, acima de todas as outras”, escreveu em Agosto num artigo de opinião no PÚBLICO.

Quer “libertar as pessoas de obrigações e de imposições desnecessárias”, disse recentemente numa entrevista. Algumas medidas propostas pela Iniciativa Liberal passam por privatizar a Caixa Geral de Depósitos, a TAP e a RTP, criar um salário mínimo municipal, aplicar uma taxa única de IRS de 15% e alargar a ADSE a todos os portugueses.

A Iniciativa Liberal nasceu em Dezembro de 2017 e concorre agora pela primeira vez a umas eleições legislativas. Segundo a sondagem do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica Portuguesa realizada para o PÚBLICO e RTP, o partido pode eleger um deputado através do círculo eleitoral de Lisboa. O primeiro passo de João Cotrim de Figueiredo na política poderá ser dado na Assembleia da República.