Dois anos depois do atentado, Ariana Grande volta a Manchester

A cantora vai actuar no The Manchester Pride a 25 de Agosto.

Foto
LUSA/MAST IRHAM

Dois anos após a tragédia que causou a morte de 22 pessoas e fez mais de 60 feridos, Ariana Grande regressa a Manchester para o festival anual do orgulho LGBT - The Manchester Pride, que este ano se realiza a 25 de Agosto.

A intérprete de Thank You, Next e Side to Side não actua na cidade britânica desde o espectáculo solidário One Love Manchester que decorreu a 4 de Junho de 2017, com o objectivo de homenagear as vítimas do atentado bombista de 22 de Maio do mesmo ano, nas imediações do Manchester Arena, logo após o seu concerto.

Um ano depois do atentado, em entrevista à Vogue britânica, a cantora revelou que teve sintomas de stress pós-traumático. Agora, Ariana disse no Twitter estar “emocionada” por ser a atracção principal do Pride, acrescentando: “Mal posso esperar para vos ver. Adoro-vos tanto.”

Nas redes sociais, a cantora explicou aos fãs que o controlo de segurança vai ser apertado, sugerindo que estes utilizem malas ou sacos transparentes para facilitar o processo.