Agosto bateu recorde de compras de portugueses no estrangeiro

Dados do Banco de Portugal mostram que compras com cartões fora do país chegaram aos 384 milhões no mês de Agosto

Foto
LUCY NICHOLSON/reuters

Os meses do Verão assistiram a novos máximos de compras no estrangeiro com cartões portugueses, com Agosto a bater novo recorde ao atingir os 384 milhões de euros (por via de 7,7 milhões de operações).

De acordo com o Banco de Portugal, que divulgou os dados esta terça-feira, nos “últimos cinco anos, as compras efectuadas com cartões portugueses no estrangeiro têm crescido progressivamente”.  

No Verão deste ano, destaca o banco central, “atingiu-se o recorde “com 22,2 milhões de operações, no valor de 1093 milhões de euros, nos meses de Julho, Agosto e Setembro”. Registou-se ainda, nota a instituição liderada por Carlos Costa, “o maior crescimento relativamente ao período homólogo: 34% em quantidade e 24% em valor”, ligado ao turismo de lazer e de negócios.

Em média, foram gastos 49 euros por cada compra, sendo que nada é referido sobre levantamentos de numerário.  

Pela sua proximidade, Espanha é o país que mais se destaca em termos de valor de compras, com 25% do total registado entre Julho e Setembro, seguindo-se depois o Reino Unido (20%), França (11%), Irlanda (7%), Países Baixos (6%), EUA (4%), Luxemburgo (4%). Os outros 23% estão englobados na rubrica de “restantes países”.   

O comunicado do Banco de Portugal não se refere às compras em Portugal com cartões estrangeiros, mas os dados disponíveis no site do regulador mostram que houve também um novo recorde, com o valor a subir 11,6% para 738,2 milhões de euros. Nos três meses em análise, o montante passa para 1772,5 milhões (mais 11,8% em termos homólogos). Há um ano, quando fez a análise das compras com cartões estrangeiros em Portugal nos meses de Verão, o Banco de Portugal adiantava que os três mercados mais importantes eram o Reino Unido (21,9% do total do valor), França (21,4%) e Espanha (9,7%).  

Olhando para a balança comercial, os dados do Banco de Portugal mostram que as exportações de viagens e turismo (ligado à chegada de turistas) atingiram os 11.109 milhões entre Janeiro e Agosto deste ano, mais 12,2% face ao mesmo período do ano anterior. Por seu lado, as importações (saídas de residentes nacionais) subiram 8,1% para 3141 milhões de euros. O saldo está agora nos 7968 milhões (mais 14%).

Os últimos dados do INE, referentes à actividade turística no sector hoteleiro, davam conta de uma subida dos proveitos totais para 522,5 milhões de euros (mais 3,5% em termos homólogos, embora com uma tendência de desaceleração nos últimos meses).